Geithner afirma que governo dos EUA está comprometido a reduzir o déficit público

Secretário do Tesouro faz comentários em meio a perspectivas de que o rating AAA do país possa ser revisado

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O secretário de Tesouro dos EUA, Timothy Geithner, disse nesta quinta-feira (21) que a administração do Obama está comprometida a reduzir o déficit público do governo.

O comentário vem com o debate em torno da possibilidade dos Estados Unidos virem a sofrer um downgrade em seu rating. Outras grandes economias do mundo detentoras do rating AAA – nota máxima – já foram alvo das principais agências de risco.

Na última segunda-feira, o Japão viu o rating de títulos públicos em moeda estrangeira cair dois degraus da escala máxima, para AA2. Nesta sessão, as perspectivas da nota de longo prazo do Reino Unido também deixaram o pico e desceram um nível, rebaixadas pela Standard & Poor’s.

Déficit e rating

Aprenda a investir na bolsa

Em ambos os casos, o crescente déficit público foi determinante para a revisão. No último relatório do Treasury Budget, o orçamento do país chegou a um déficit de US$ 20,9 bilhões em abril, acumulando nos sete meses do ano fiscal de 2009 um montante de US$ 802,294 bilhões.

“É muito importante para o congresso e para o presidente colocarmos em prática políticas que diminuam o déficit para um patamar sustentável no longo prazo”, disse Geithner, em entrevista à Bloomberg Television.

Mercados repercutem possível revisão

Nesta quinta-feira, os principais centros econômicos do mundo apresentaram consideráveis quedas, pressionadas pela redução nas perspectivas para o rating do Reino Unido e por indicadores aquém do esperado na economia norte-americana. Devido a isso, os investidores mostraram-se apreensivos em relação ao futuro da maior economia do mundo.