Ministros de Energia

G7 promete eliminar financiamentos a fontes fósseis no exterior

Ministros de Energia do grupo se reuniram em Berlim

Por  ANSA Brasil -

Os ministros de Energia e Clima do G7 se comprometeram nesta sexta-feira (27) a eliminar financiamentos públicos para centrais elétricas movidas a combustíveis fósseis no exterior até o fim de 2022.

É o que diz o comunicado final da reunião ministerial do grupo em Berlim, na Alemanha, que prevê apenas exceções em “circunstâncias limitadas” e “em linha com os objetivos do Acordo de Paris”, mas sem especificar quais seriam essas situações.

Compartilhe