Fundos ou investimento direto na bolsa: algumas dicas para investir melhor

Gestor discute pontos relevantes que o investidor pessoa física tem que pesar na hora de escolher a melhor opção para investir

Por  Equipe InfoMoney

SÃO PAULO – Mesmo com perdas recentes, o mercado de ações ainda mostra um bom desempenho em 2012. Mas será que esta tendência continua, será que as condições do mercado externo e da economia brasileira permitirão ao Ibovespa romper seu topo histórico? Condições de liquidez lá fora e juros mais baixos aqui certamente estão presentes. Mas e os riscos?

No Money Advises, Marcelo Faria, gestor de renda variável da Kondor Invest, traz sua visão para o cenário do mercado de ações. Mais do que isso, Faria explica o racional por trás das suas escolhas de papéis, analisando em detalhe três empresas nas quais ele aposta e aloca seus recursos. No Money Thinks, o gestor discute um ponto importante: quanto trabalho é necessário para analisar profundamente empresas, de forma a ter uma carteira de boa performance? É algo que somente uma equipe de gestores consegue fazer? Quais as vantagens do investidor individual?

O último bloco do programa, o Money Learns, muda um pouco o foco, trazendo a opinião de um gestor internacional sobre a conjuntura atual. Não é todo dia que Bill Gross, fundador da PIMCO, mostra sua visão sobre os rumos dos principais mercados de forma tão direta e objetiva.

2378029

  • PARTE 1 – Money Advises – Conjuntura e alguns papéis para olhar de perto
  • PARTE 2 – Money Thinks – Fundos de ações ou investimento direto na bolsa?
  • PARTE 3 – Money Learns – Um olhar global sobre os rumos dos investimentos
  • A InfoMoney declara que:
    Este material contém as opiniões atuais do analista, que estão sujeitas a mudanças sem aviso e que podem ser divergentes da opinião de outros profissionais ou da InfoMoney, que poderá publicar informações que não apresentem similaridade com as informações aqui fornecidas. Para elaborar este material, foram utilizadas informações obtidas de fontes que o analista e a InfoMoney acreditam serem idôneas e fidedignas, mas o autor ou a InfoMoney não garantem a integridade, confiabilidade ou exatidão de tais informações. O analista e a InfoMoney não se responsabilizam por nenhuma operação que for ou vier ser realizada pelos Investidores baseados nas informações aqui fornecidas, cabendo a eles, exclusivamente, a decisão de adquirir ou alienar valores mobiliários e o eventual ônus ou retorno financeiro decorrente de tal decisão. Este material não pode ser reproduzido ou redistribuído, no todo ou em parte, sem o prévio consentimento por escrito da InfoMoney.

    Compartilhe