Câmbio

Fundos locais vendem mais de US$ 3 bilhões e barram dólar a R$ 4

Dados da B3 mostram que o posicionamento comprado em dólar desses fundos locais foi reduzido de US$ 15,25 bilhões para US$ 12,1 bilhões

(Bloomberg) — O maior otimismo entre os gestores de fundos locais foi a principal razão pela qual o dólar não conseguiu romper o nível chave de R$ 4,00. Os fundos venderam US$ 3,15 bilhões em derivativos cambiais desde o dia 26 de abril.

Dados da B3 mostram que o posicionamento comprado em dólar desses fundos locais foi reduzido de US$ 15,25 bilhões para US$ 12,1 bilhões até o dia 9 deste mês. O posicionamento de todos os principais investidores, incluindo bancos e fundos estrangeiros, é comprado em dólar, com o Banco Central na ponta contrária equilibrando o mercado com uma posição vendida de quase US$ 69 bilhões em swaps cambiais.

Os principais gestores de hedge funds estão aumentando as apostas no real, dizendo que a moeda brasileira está relativamente barata em comparação com outras classes de ativos. Redução do ruído político e melhoria do relacionamento entre o presidente Jair Bolsonaro e o Congresso também foram mencionados como motivo para a mudança de sentimento.

PUBLICIDADE