Frio nos EUA pressiona preços do petróleo

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

Os preços do petróleo apresentam recuperação nessa segunda-feira, após quedas constantes na semana passada. A chegada do frio nos EUA voltou a preocupar investidores, devido à previsão de queda nas temperaturas no noroeste dos EUA, a região que mais consome derivados de petróleo para aquecimento.
No entanto, analistas do setor acreditam em uma tendência de queda até o final do ano. O Iraque concordou hoje em retomar suas exportações de petróleo, paralisadas desde o começo do mês devido a um impasse com a ONU. Na sexta-feira, a organização internacional chegou a um acordo com o país árabe no que se refere aos preços de suas exportações, que são controladas pela ONU desde a invasão do Kuwait em 1990. Desde o começo do mês, os preços do petróleo apresentam queda de cerca de 15%.
Em Londres, o contrato futuro do barril de petróleo tipo Brent com vencimento em janeiro era cotado a US$ 26,97 às 17h35, com alta de 1,54% em relação ao fechamento de sexta-feira. Em Nova York, o contrato futuro do barril tipo WTI era cotado a US$ 28,87, com alta de 1,51%.

Compartilhe