Frio nos EUA e possibilidade de corte da produção pressionam preços do petróleo

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

Os preços do petróleo sobem nesta segunda-feira, devido às baixas temperaturas nos EUA e à possibilidade de um corte de produção por parte da OPEP. As regiões centro-oeste e nordeste dos EUA devem apresentar baixas temperaturas já nos próximos dias, com previsão de neve na área de Chicago. A demanda por óleo de aquecimento deve aumentar neste começo de inverno, o que conseqüentemente pressiona os preços do petróleo no mercado internacional.
Contribuem ainda para aumentar os preços do produto os temores de que a OPEP corte parte de sua produção para fazer frente às recentes quedas nas cotações da commodity. A próxima reunião da organização, que responde por cerca de 40% da produção mundial, está marcada para 17 de janeiro.
Em Londres, o contrato futuro do barril de petróleo tipo Brent com vencimento em janeiro era cotado a US$ 26,35 às 16h30, com alta de 1,78% em relação ao fechamento de sexta-feira. Em Nova York, o contrato futuro do barril tipo WTI era cotado a US$ 29,47, com alta de 2,08%.

Compartilhe