Resultados

Fleury reverte prejuízo e lucra R$ 65,5 milhões no 2º trimestre; Ebitda cresce mais de 1.000%

Segundo a administração, o faturamento do trimestre mostrou avanço do plano de se tornar um ecossistema de saúde integrada

SÃO PAULO – O grupo de medicina diagnóstica Fleury (FLRY3) registrou um lucro líquido de R$ 65,5 milhões no segundo trimestre de 2021, revertendo um prejuízo de R$ 73,3 milhões no mesmo período do ano passado, segundo demonstração de resultados divulgada nesta quinta-feira (29).

Já o Lucro Antes de Juros, Impostos, Depreciações e Amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) da companhia totalizou R$ 219,7 milhões, um crescimento de 1.020,6% ante o segundo trimestre de 2020.

Por fim, a receita líquida do Fleury atingiu R$ 1,005 bilhão, alta de 104,2% na comparação anual.

Segundo a administração, o faturamento do trimestre mostrou avanço do plano de se tornar um ecossistema de saúde integrada, preventiva e híbrida, combinando ofertas físicas e digitais.

“A receita proveniente de novos elos, que vão além da medicina diagnóstica, aumentou 443% no trimestre em relação ao ano anterior, e já representa 4,1% da receita total do grupo”, destacou a gestão do Fleury.

Outro destaque é que foram realizados 545 mil exames para Covid-19 no trimestre, de modo que a receita bruta de exames de coronavírus representou 8,3% da receita total, menor patamar registrado desde que a pandemia começou.

“Ao mesmo tempo, continuamos com retomada cada vez mais forte do volume de exames de rotina, sendo que a receita proveniente do atendimento móvel aumentou sua participação, atingindo 8,1% da receita total do grupo”, informou a administração.

Transformar a Bolsa de Valores em fonte recorrente de ganhos é possível. Assista a aula gratuita do Professor Su e descubra como.