Temporada de balanços

Fleury (FLRY3) informa lucro líquido 6,9% menor no 1º trimestre de 2022, para R$ 110,4 milhões

Companhia viu margens caírem, com pressão inflacionária, e registrou também pior desempenho financeiro

Por  Fernando Lopes

A Fleury ([ativo=FLRY3) reportou no balanço do primeiro trimestre de 2022 (1T22) um lucro líquido de R$ 110,4 milhões, o que representa uma queda de 6,9% em relação aos R$ 118,6 milhões aferidos no mesmo período do ano passado.

A queda do lucro se dá mesmo com a receita líquida crescendo 21,9% na base anual, para R$ 1,08 bilhão – o que, segundo a Fleury, se deu devido a um “crescimento reflete o maior volume registrado nas unidades de atendimento, além do crescimento do atendimento móvel , de 27,6%, em função de expansão de rotas em todas as marcas”.

O Ebitda avançou 14,4% na comparação com os R$ 285,5 milhões alcançados no 1T21, chegando a R$ 326,6 milhões. A margem Ebitda, entretanto, desceu 1,9 ponto percentual, para 30%, com maior pressão inflacionária sobre os gastos.

O número de atendimentos em geral atingiu 2 milhões no 1T22, com crescimento de 20,3% em relação ao ano anterior. “Excluindo o efeito das aquisições, o número de atendimentos totalizou 1,8 milhões, com crescimento de 8,8%”, ressalva a empresa.

No trimestre, o volume de exames totalizou 18,4 milhões, com crescimento de 25,6%, consequência da forte demanda registrada no período. Excluindo aquisições, o crescimento foi de 12,9%.

O volume de teleconsultas médicas realizadas no período totalizou 272 mil, um crescimento de 45,2% em relação ao 1T21, e a receita impulsionada totalizou R$ 7,3 milhões.

Com relação à dívida líquida, ela alcançou R$ 1,5 bilhão, aumento de 9,5% em relação ao trimestre anterior. No final do trimestre, a alavancagem era de 1,4x, contra 1,3x no 4T21, abaixo do limite de 3,0x estabelecido por instrumentos de dívida.

Impactou o balanço da Fleury, por fim, o pior resultado financeiro, negativo em R$ 65,6 milhões, acompanhando o crescimento da dívida e também e também os maiores gastos com juros.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe