Radar InfoMoney

Fim do programa de subvenção do diesel, mudanças nas estatais Sabesp e BB e mais destaques

Confira os destaques corporativos desta quarta-feira (2)

Gas and gasoline getting more expensive

SÃO PAULO – Os preços do petróleo caem no primeiro pregão de 2019 nesta quarta-feira (2), puxados pela alta nos estoques nos EUA e nas preocupações com uma desaceleração econômica em 2019, já que a atividade fabril na China, a maior importadora de petróleo do mundo, foi contraída. A notícia pode impactar as ações da Petrobras (PETR3; PETR4).

No radar InfoMoney desta quarta-feira (2), Petrobras anuncia alta de 2,5% no diesel em 1º de janeiro e mantém preço da gasolina após revisão, Gol reajusta preços de transferência de passagens/milhas para Smiles, Equatorial diz que vai aportar R$ 545,8 milhões na Ceal e mais notícias.

Confira esses e mais destaques corporativos desta manhã:

PUBLICIDADE

Petrobras (PETR3; PETR4)

A Petrobras anunciou alta de 2,5% no diesel para o dia 1º de janeiro para R$ 1,8545 por litro. De acordo com a empresa, o aumento deve-se ao fim do programa de subvenção ao diesel instituído pelo governo para encerrar a greve dos caminhoneiros.

O Conselho da companhia ainda aprovou Danilo Ferreira da Silva como membro do conselho. Silva foi indicado pelos empregados da estatal.

Eletrobras (ELET6;ELET3)

A Eletrobras receberá R$ 161,9 milhões do acordo de leniência entre o Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) e a Odebrecht. As empresas da Eletrobras beneficiadas pelo acordo receberão valores em 21 parcelas anuais, corrigidas pela Selic, a partir de outubro deste ano.

Segundo a empresa, a adesão ao acordo é uma “oportunidade de fazer retornar à Eletrobras parte dos recursos a que a companhia tem direito, diante dos prejuízos causados pela Odebrecht, decorrentes do esquema de corrupção desvendado pela Operação Lava Jato”.

Equatorial (EQTL3)

A Equatorial teve a maior alta desde 2016 após vencer o leilão da Ceal, distribuidora da Eletrobras em Alagoas, por fatia de 89,9%. As ações da empresa subiram até 4,46%, a R$ 74,69.

Ainda no radar da companhia, a empresa adquiriu da Eletrobras participação de 49% da Interasa por aproximadamente R$ 280 milhões. Como resultado, a Equatorial passou a ser titular de 100% do capital social total da empresa.

PUBLICIDADE

Gol (GOLL4)

O conselho de administração da companhia aprovou o aumento de 17,1% nos preços das passagens padrão vendidas pela Gol à Smiles, como também o aumento de 16,6% nos preços das milhas vendidas pela Smiles à Gol.

Banco do Brasil (BBAS3)

Fabrício da Soller, presidente do conselho de administração do Banco do Brasil, deixou o cargo em 1º de janeiro. Também de acordo com o banco, Reinaldo Kazufumi Yokoyama foi eleito para o cargo de diretor de clientes, comercial e produtos da BB Seguridade Participações, empresa controlada do BB.

Sabesp (SBSP3)

Com a mudança de governo, a Sabesp informou que Karla Bertocco Trindade renunciou à presidência. No início deste mês, o governador eleito de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou a indicação de Benedito Braga para comandar a estatal.

 

Oi (OIBR4)

A Oi informou em comunicado que a geração de caixa operacional líquida foi negativa em R$ 435 milhões no mês de outubro, quando houve investimentos de R$ 582 milhões. O resultado havia sido positivo em R$ 79 milhões no mês anterior.

Eneva (ENEV3)

Carlos Marcio Ferreira renunciou na última segunda-feira (31) ao cargo de presidente do conselho de administração da Eneva. O cargo ficará vago até a próxima assembleia geral da companhia, que ainda não possui data definida. Enquanto isso, José Aurélio Drummond Jr. desempenhará, de forma interina, a função de presidente do conselho.

Light (LIGT3)

O Itaú BBA atualizou suas estimativas para Light mantendo a recomendação de ‘market perform’. Os analistas estimam um preço-alvo de R$ 20 para as ações da companhia, antes R$ 23.

“Dado o fracasso em concluir a transação com a GP e os resultados fracos na distribuidora, que comprometeram a alavancagem e o lucro, agora vemos a Light negociando uma TIR real implícita de 10% (caso base)”, escrevem.

Sanepar (SAPR4)

Em comunicado, a Sanepar informa a destituição de Paulo Rogério Bragatto Battiston do cargo de diretor financeiro da companhia. Segundo a empresa, Paulo Alberto Dedavid, diretor de operações da Sanepar irá acumular as funções de Diretoria Financeira e de Relações com Investidores até a eleição de um novo titular.

Omega Geração (OMGE3)

A companhia adquiriu 100% do Complexo Eólico Assuruá, no interior da Bahia, por R$ 1,9 bilhão. Formado por 13 centrais eólicas, o Complexo tem capacidade instalada de 303 MW. A transação está sujeita a aprovação do Cade, ao desembolso de financiamentos e ao consentimento dos credores.

Cesp (CESP6)

O acordo de acionistas entre a VTRM Energia Participações e a SF Ninety-Two Participações Societárias foi rescindido, visto que a VTRM tornou-se proprietária de todas as ações representativas do capital social da SF Ninety-Two.

Seja sócio das maiores ações da bolsa: invista na Clear com corretagem ZERO