Fechamento AL

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

18:48h – 26/12
InfoMoney

SÃO PAULO – SÃO PAULO – As principais bolsas latino-americanas fecharam em alta nesta quarta-feira, seguindo o desempenho das bolsas norte-americanas. O índice Nasdaq Composite fechou o dia em alta de 1,84%, enquanto o Dow Jones Industrial e o S&P500 registraram ambos variação positiva de 1,04. A excessão foi a Bolsa de Buenos Aires, que fechou em ligeira queda.

O índice IPC da Bolsa do México encerrou o pregão com variação positiva de 1,29%. Apesar disso, o mercado mexicano continua preocupado com a demora na aprovação da proposta de Orçamento de 2001, que está sendo discutida no Senado e na Câmara de DEputados. Os destaques de alta da bolsa mexicana ficaram para a siderúrgica Hylsamex (+8,79%), para o Grupo Modelo (+4,55%), Consorcio Ara (+4,05%), Controladora Comercial Mexicana (+3,54%) e o grupo financeiro Inbursa (+3,10%). Por outro lado, a maior baixa entre os componentes do índice IPC ficou para a construtora Geo (-5,00%), seguida de perto pela produtora de vidro Vitro (-4,34%), cujos lucros estão sendo pressionados pelo elevado preço da gasolina, sua principal matéria-prima. Outros destaques de queda foram a industrial Penoles (-2,99%), e a varejista WalMart (-0,89%).

O índice Merval da Bolsa de Buenos Aires fechou em baixa moderada de 0,02%, com baixo volume de negócios. O Senado argentino discute nesse final de ano o projeto de lei de infra-estrutura, que prevê investimentos de US$ 20 bilhões para os próximos três anos, possibilitando a retomada das obras públicas. O presidente Fernando de la Rúa declaarou que, caso o Senado não aprove o projeto, ele será aprovado através de um decreto. Além disso, estão sendo iniciadas hoje as negociações sobre a reforma tributária. A intenção do governo é que a nova legislação reduza os impostos e os gastos das províncias, e por isso espera-se que projeto encontre dificuldades para ser aprovado.

Os principais destaques de baixa da bolsa argentina ficaram com o setor financeiro, com queda nas ações do Banco Frances Del Rio de la Plata (-2,37%), grupo financeiro Galicia (-1,33%) e banco Bansud (-0,73%). Também tiveram desempenho negativo a Telecom (-1,60%) e as siderúrgicas Siderar (-1,19%) e Siderca (-1,03%). Por outro lado, as maiores altas entre os componentes do índice Merval ficaram com as ações da Juan Minetti (+7,41%), Renault Argentina (+6,12%), CEntral Puerto (+4,12%) e Telefonica (+1,85%).

O índice IPSA do Chile fechou em alta de 0,60%. O governo chileno divulgou hoje a taxa de desemprego, que se encontra em 9,4% da força de trabalho (menor taxa dos últimos 5 meses), representando um queda de 0,6% em relação ao mês anterior.

















Outros mercados: Brasil Ibovespa +2,65%
Peru ISBVL +0,07%
Venezuela VNSMICB+0,63%

Compartilhe