Explosão em refinaria e ameaça na Nigéria puxam para cima preço do petróleo

Movimento separatista da Nigéria ameaça atacar embarcações que navegarem no sul do país; foco também em incidente na Sunoco

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O preço do barril de petróleo opera em alta nesta segunda-feira (18). Uma ameaça de um grupo militante separatista da Nigéria e a explosão em uma refinaria da Sunoco nos EUA impulsionam as cotações.

O Mend (Movimento para Emancipação do Delta do Níger, na sigla em inglês) disse em uma declaração enviada por e-mail que qualquer embarcação que estiver viajando na parte sul do país corre o risco de ser atacada.

A Sunoco, maior refinaria do nordeste dos Estados Unidos, afirmou que o incidente em sua planta Marcus Hook, localizada na fronteira entre a Pensilvânia e Delaware, ocorreu durante o último domingo (17), porém o incêndio está controlado.

Confira cotação em Londres e Nova York

Aprenda a investir na bolsa

A cotação do barril do petróleo Brent, negociado no mercado de Londres, atinge US$ 56,92 nesta segunda-feira, forte alta de 3,21% em relação ao último fechamento.

Com o desempenho positivo dessa sessão, o petróleo acumula forte alta de 15,74% neste mês de maio. Por sua vez, a variação no ano fica positiva em 36,30%, já que a commodity encerrou o ano passado cotada a US$ 41,76 por barril em Londres.

O contrato com vencimento em junho de 2009, que apresenta maior liquidez no mercado de Nova York, opera a US$ 57,99 por barril, configurando uma alta de 2,60% frente ao fechamento anterior.