Finanças Descentralizadas

Expansão de DeFi em cripto parece mais lenta, diz JPMorgan

Em dólar, o crescimento das DeFi no blockchain Ethereum chega a 780% este ano, o que reflete principalmente a alta dos preços do ether

Por  Bloomberg -

(Bloomberg) — A expansão das finanças descentralizadas, uma das tendências mais alardeadas das criptomoedas, é menos explosiva do que à primeira vista, de acordo com análise de estrategistas do JPMorgan Chase.

As finanças descentralizadas – ou DeFi, na abreviação em inglês – são serviços baseados em blockchain como empréstimos, investimentos e transações, que não passam pelos bancos tradicionais. Muitos aplicativos são executados na rede Ethereum e fazem uso de seu token, o ether (ETH), cujo preço subiu cerca de 540% este ano, para mais de US$ 4.700.

Em dólar, o crescimento das DeFi no blockchain Ethereum chega a 780% este ano, o que reflete principalmente a alta dos preços do ether, segundo estudo da equipe do JPMorgan liderada por Nikolaos Panigirtzoglou. Considerando o volume de tokens ether concentrados nas DeFi, o ganho é mais lento, de 50%, mas ainda forte em 2021, eles disseram.

A rede Ethereum agora tem cerca de 70% de participação na atividade das DeFi, contra um controle quase total no início do ano, acrescentou a equipe. A expansão estimada de 50% se ajusta a esta mudança, disse.

“Não há dúvida de que as DeFi ainda estão nos estágios iniciais e, portanto, têm muito potencial para crescer com o tempo”, disseram os estrategistas. “Mas, até que se tornem ‘mainstream’, enfrentam vários obstáculos, especialmente regulatórios.”

Reguladores começaram a questionar áreas como empréstimo em criptomoedas diante da preocupação com os riscos para os participantes e possíveis impactos nas finanças convencionais. O valor de mercado geral das DeFi era de mais de US$ 170 bilhões na sexta-feira, de acordo com a CoinGecko, em comparação com cerca de US$ 22 bilhões no início de 2021.

CDB com 300% do CDI? XP antecipa Black Friday com rentabilidade diferenciada para novos clientes. Clique aqui para investir agora!

Compartilhe