Europa deve aprovar hoje fusão entre AOL e Time Warner

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

A Comissão Européia deve aprovar hoje a fusão entre o provedor de internet
americano America Online e o grupo de
mídia também americano Time Warner, segundo informações do jornal britânico Financial
Times. A fusão de US$ 127 bilhões vem sendo
discutida há algum tempo na Europa, mas ganhou mais força após a desistência da
gravadora britânica EMI em fazer uma joint-venture
com a Time Warner.
As autoridades européias acreditavam que a joint-venture entre os dois grupos afetaria a
concorrência no mercado de “download” de
músicas pela internet, devido à ligação entre a Time Warner e a America Online. A EMI e a
Time Warner decidiram então cancelar seus
planos, abrindo mais espaço para a fusão bilionária entre as americanas.
Nos EUA, porém, a fusão entre as duas empresas continua longe de ser aprovada. A Time
Warner possui uma rede de cabos que atinge
cerca de 20% dos assinantes de TV a cabo americanos. As autoridades responsáveis temem
que o uso destes cabos pela AOL, para
oferecer acesso em banda larga para a internet, possa afetar a concorrência nesse mercado.
Na Europa não existe esse problema, já
que lá a Time Warner não possui sistemas de cabeamento.
As ações da America Online, que tembém atua no Brasil através de um provedor com o
mesmo nome, apresentavam leve alta de 0,61%
às 14h30 na bolsa de Nova York. As ações da Time Warner também apresentavam alta, de
0,82% na expectativa da decisão.

Compartilhe