Europa

Eurogrupo espera pedido formal de ajuda nesta quarta-feira, diz presidente

Nessa reunião do Eurogrupo, o novo ministro grego das Finanças, Euclides Tsakalotos, não apresentou propostas concretas de reformas

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

O presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, disse hoje (7) que é esperado amanhã (8) um pedido de ajuda financeira da Grécia ao fundo de resgate da zona do euro.

Em rápida declaração à imprensa, após a reunião dos ministros das Finanças da zona do euro, que antecede a cúpula de emergência do fim da tarde, Dijsselbloem acrescentou que esse pedido formal é iminente e deverá ocorrer nesta quarta-feira de manhã. Ele adiantou que, nesse caso, será realizada de imediato uma reunião do Eurogrupo por teleconferência, para examinar a proposta de Atenas.

O pedido de um novo resgate do Mecanismo Europeu de Estabilidade será dirigido ao Eurogrupo, que deverá avaliar a situação financeira da Grécia e a sustentabilidade da dívida.

Aprenda a investir na bolsa

Após uma avaliação mais técnica, explicou o ministro das Finanças holandês, o assunto volta ao Eurogrupo que vai decidir se avançam as negociações formais entre os credores e o governo liderado por Alexis Tsipras.

Nessa reunião do Eurogrupo, o novo ministro grego das Finanças, Euclides Tsakalotos, não apresentou propostas concretas de reformas, tendo feito, segundo fontes europeias, apenas uma apresentação geral em troca de um terceiro resgate.

A reunião dos ministros das Finanças antecedeu a cúpula, que começa às 17h30 (horário de Lisboa), em que os chefes de Estado e de Governo da zona do euro vão discutir o caminho a seguir em relação à Grécia após o não dos gregos no referendo de domingo (5) às últimas propostas dos credores.