Setor Elétrico

Energisa (ENGI11) assina contrato para aquisição de ativos de transmissão da Gemini Energy

A Gemini é detentora de 85,04% e 83,33%, respectivamente, de 2 concessionárias operacionais de transmissão na região Norte

Por  Augusto Silva -

A Energisa (ENGI11) informou, nesta quinta-feira (17), que celebrou contrato para aquisição de 2.330.105.717 das ações de emissão da Gemini Energy, ao preço de R$ 0,353037 por ação, considerando a assunção do endividamento líquido de R$ 1,734 bilhão detido pela Gemini.

A Gemini é detentora de 85,04% e 83,33%, respectivamente, de 2 concessionárias operacionais de transmissão na região Norte que interligam importantes sistemas de geração como Tucuruí e Xingu a centros de consumo do Pará e Amapá, e de 100% de 1 concessionária operacional de transmissão na região Sudeste que faz a ligação entre os estados do Rio de Janeiro e São Paulo que, em conjunto, possuem uma capacidade de transmissão instalada de 6700 MVA e 1.451km de extensão, além de 100% de outras duas sociedades não operacionais.

Os ativos detidos pelas controladas da Gemini possuem uma Receita Operacional Anual (RAP) de R$ 362,9 milhões e contratos de concessão válidos até 16/10/2038; 16/10/2038 e 09/12/2041, respectivamente.

Segundo comunicado, o fechamento da operação está sujeito ao cumprimento de determinadas condições precedentes, incluindo, às autorizações regulatórias da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

Por fim, a Energisa afirmou que a aquisição está alinhada com a estratégia da empresa de trazer sinergias operacionais com os ativos de transmissão e diversificação das atividades de distribuição de energia elétrica.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe