Empréstimo do FMI à Turquia será de US$ 7,5 bilhões

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

O Fundo Monetário Internacional (FMI) anunciou na quinta-feira a aprovação do empréstimo de emergência totalizando US$ 7,5 bilhões à Turquia, para ajudar o país a superar a crise no sistema financeiro. As reservas internacionais do país estão bem a abaixo do normal, uma vez que foram utilizadas para conter o ataque especulativo à lira turca, moeda da Turquia.
O Conselho Executivo do FMI aprovou o empréstimo que deve disponibilizar cerca de US$ 2,8 bilhões imediatamente. Seguindo o programa de reformas que o fundo acordou com o Governo turco, outro US$ 1,5 bilhão poderá estar disponível ao país em janeiro do ano que vem e US$ 1,2 bilhão em fevereiro. O restante do pacote deve ser liberado como incrementos conforme a necessidade do país.

O Governo se comprometeu com os representantes do FMI a fortalecer o setor bancário, foco da atual crise, além de agilizar o processo de privatizações de empresas em poder do Estado. Ao mesmo tempo, a Turquia deverá estabelecer junto ao fundo um programa de controle da inflação, que chegou a 100% anuais, para taxas de um único dígito. O controle inflacionário é fortemente apoiado pelo governo, que deve conter o aumento dos preços para se enquadrar ao padrão dos países membros da União Européia, que aceitou a Turquia como candidata em 1999.

Compartilhe