Na mira do regulador

Empresa por trás da TerraUSD vira alvo de investigação da SEC, diz site

A stablecoin entrou em colapso de forma dramática no mês passado, perdendo funcionalmente todo o seu valor

Por  CoinDesk -

A Securities and Exchange Commission (SEC, a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos) está investigando se a Terraform Labs – a empresa registrada em Cingapura que criou a stablecoin TerraUSD (UST) e o token Terra (LUNA) – violou as leis do país ao comercializar criptomoedas. A informação foi publicada pela Bloomberg nesta quinta-feira (9).

Os dois projetos perderam funcionalmente todo o seu valor no mês passado, afetando muitos investidores. A Terraform tentou relançar a LUNA, criando um novo ativo e renomeando o original para Luna Classic.

De acordo com a Bloomberg, membros da Divisão de Execução da SEC estão averiguando se as regras de proteção ao investidor foram quebradas pela comercialização dos tokens da Terraform.

A agência já estava investigando o papel do fundador da Terraform, Do Kwon, na construção do Mirror Protocol, plataforma que permite aos usuários negociar “ativos sintéticos”, tokens que reproduzem o valor de ações.

A Terraform Labs foi contatada, mas não retornou imediatamente o pedido de comentário do CoinDesk. Kwon disse à Bloomberg que não estava ciente de nenhuma investigação da SEC sobre a UST, e que não teve notícias da agência.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe