Investimentos

Empresa de pagamento com cripto levanta US$ 9,5 mi da Coinbase, Alameda Research e outras

A firma pretende conciliar as empresas de finanças tradicionais e as de criptomoedas com a integração de pagamentos através de API

Por  CoinDesk -

A Merge, empresa de pagamentos em criptomoedas com sede em Londres, levantou US$ 9,5 milhões em uma rodada inicial de investimentos liderada pela Octopus Ventures, com a Coinbase Ventures, Alameda Research e Hashed.

Também investiram os fundadores da Aave (AAVE) , da Polygon (MATIC), o CEO da Ledger e o antigo CEO da Barclays Consumer Banking.

A Merge planeja usar o capital para garantir que empresas de criptomoedas consigam fazer pagamentos e trabalhar com serviços financeiros tradicionais de maneira mais eficiente.

“A economia de criptos está cada vez mais popular. Então, ficou claro que a atual infraestrutura tradicional não está adaptada para servir a rápida expansão dos negócios nativos de criptomoedas e muitos provedores não são especializados o suficiente para avaliar os riscos”, afirmou Zihao Xu, investidores da Octopus Ventures.

Além de deter e transferir fundos de moeda fiduciária para empresas de criptos e da Web 3, a Merge também vai cuidar do compliance através da sua API.

A empresa disse à CoinDesk que tem diversos clientes na fila e que fará um anúncio ainda neste trimestre.

Apesar de quedas recentes no mercado, os investidores de capitais de risco continuam a investir na indústria de criptos. Na quarta-feira (25), Andreessen Horowitz levantou US$ 4,5 bilhões para um novo fundo de criptomoedas.

“Nós vemos isso como algo temporário”, disse Kebbie Sebastian, cofundador da Merge, à CoinDesk sobre o mercado atual. “Apesar da volatilidade do mercado, o potencial fundamental das criptomoedas permanece o mesmo”.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe