After Market

Embraer negocia fim de processo, Kroton divulga guidance, Marfrig e mais no radar

Confira os destaques da noite desta terça-feira (19) no mercado corporativo

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Após uma terça-feira (19) agitada pelo anúncio de diversos acordos entre Brasil e China, o after market da Bolsa fica por conta de novidades envolvendo a Kroton, Embraer e o governo do Paraná desmentindo rumores de venda da Copel e da Sanepar. Confira os destaques desta noite:

Kroton
A rede de ensino privado Kroton Educacional (KROT3) previu nesta terça-feira avanço de 37% da receita líquida e de 19% no lucro líquido em 2015, mesmo sem novos contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) no segundo semestre. A projeção de receita líquida da Kroton para este ano é de R$ 5,2 bilhões. A Kroton considerou nenhum contrato novo de Fies para o segundo semestre.

No fim de março, a Kroton tinha 255.755 alunos matriculados com contratos do financiamento do governo, sendo 42,6 mil alunos novos adicionados à base FIES durante o primeiro processo de captação de 2015 – 37,3% da graduação presencial.

Aprenda a investir na bolsa

Para o lucro líquido, a estimativa é de que aumento 19% sobre 2014, a R$ 1,44 bilhão, com margem líquida de 27,6%. A Kroton também previu Ebitda (sigla em inglês para lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) de R$ 1,93 bilhão em 2015, avanço de 33% sobre 2014. A estimativa para margem Ebitda é de 37%. A empresa também projetou que seus investimentos no ano serão o equivalente a 7,5% da receita líquida.

Copel e Sanepar
O governador do Paraná, Beto Richa, negou nesta terça-feira que o Estado tenha intenção de vender ações da companhia de energia Copel (CPLE6) e da companhia de água Sanepar (SAPR3), apesar de notícia publicada mais cedo em que o secretário da Fazenda paranaense afirma estar estudando vender participações nas duas estatais.

“Não autorizei e não discuti esse assunto com ninguém”, disse Richa, segundo a agência de notícias oficial do Paraná. “Respeito a opinião pessoal do secretário da Fazenda, mas discordo dele e nunca tratei disso com ele. Não é o que eu penso. Há outras alternativas para ter recursos para novos investimentos no Paraná”, acrescentou o governador. As ações da Copel fecharam em alta de mais de 2% nesta terça-feira, enquanto o papel da Sanepar teve valorização de 0,2%. O Ibovespa fechou em queda de mais de 1%.

Segundo entrevista publicada pelo jornal Valor Econômico, o secretário da Fazenda do Estado do Paraná, Mauro Ricardo Machado da Costa, disse que a venda das participações “pode ocorrer este ano, dependendo das condições do mercado”. Ele se referiu as ações “do excedente do controle” do Estado, segundo o jornal.

Richa afirmou que “continua intacto o meu compromisso de manter o Estado no controle acionário da Copel e da Sanepar”. O governo paranaense tem 58% das ações ordinárias da Copel enquanto a fatia na Sanepar é de 74% das ON, segundo a agência.

Embraer
A Embraer (EMBR3) afirmou nesta terça-feira que está negociando um acordo com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DOJ) em uma investigação sobre violação de leis norte-americanas anticorrupção aberto em 2010.

PUBLICIDADE

Segundo a fabricante de aeronaves, um eventual acordo com o DOJ resultará em “obrigações pecuniárias” que poderão acarretar outras sanções “potencialmente importantes”.

A empresa informou que não é possível prever quanto tempo as negociações com o DOJ vão durar ou qual será o resultado delas.

A Embraer segue conduzindo uma investigação interna sobre o caso, que deriva de alegações de suborno em um acordo de 92 milhões de dólares acertado com as forças armadas da República Dominicana, segundo documentos obtidos pela Reuters em 2013.

Marfrig
A Marfrig (MRFG3) tem duas plantas de abate de bovinos entre as oito que foram habilitadas a exportar para a China, afirmou o presidente do Conselho de Administração da companhia de alimentos, Marcos Molina, nesta terça-feira, classificando a abertura do mercado chinês como muito positiva.

“Há um potencial de crescimento muito grande do consumo chinês de carne”, disse o executivo, presente no prédio do Ministério da Agricultura. Segundo Molina, a Marfrig tem mais duas plantas entre as outras nove que devem receber habilitação em junho para exportação para a China.

Com Reuters