Auditoria

Em meio à crise com stablecoins, Tether corta 17% de papeis comerciais nas reservas da USDT, mostra auditoria

Redução continuou em abril e deve aparecer no próximo relatório, afirmou empresa

Por  CoinDesk -

A Tether, empresa por trás da USDT, maior stablecoin do mercado cripto, reduziu em 17% suas reservas em papeis comerciais no trimestre encerrado em 31 de março, de US$ 24,2 bilhões para US$ 20,1 bilhões, aponta seu último relatório de auditoria.

Do total mantido, cerca de US$ 18 bilhões são compostos por papéis de classificação A-1 e A-2, que se qualificam como grau de investimento, de acordo com o relatório. A companhia, porém, não especificou os nomes e os países-sede das agências que classificaram os papeis, se limitando a dizer, nas notas de rodapé, que são “classificações da Standard & Poor’s, ou classificações equivalentes da Moody’s, Fitch ou outra Organização de Classificação Estatística Nacionalmente Reconhecida”.

Segundo a Tether, a participação de papeis comerciais na reserva reduziu mais 20% desde 1º de abril, em movimento que deverá ser refletido no relatório do segundo trimestre, disse a empresa nesta quinta-feira (19). Em 30 de junho de 2021, papeis comerciais e certificados de depósito totalizavam US$ 30,8 bilhões, ou 49% dos ativos de lastro para o USDT na época.

A empresa também afirmou ter reduzido ligeiramente suas reservas em dinheiro, de US$ 4,2 bilhões para US$ 4,1 bilhões, e aumentado o patrimônio em títulos do Tesouro dos EUA, de US$ 34,5 bilhões para US$ 39,2 bilhões, desde seu último relatório.

A categoria “Outros investimentos”, que inclui tokens digitais, permaneceu consistente, caindo ligeiramente de US$ 5,02 bilhões para US$ 4,96 bilhões. Essa área foi considerada o aspecto mais preocupante dos relatórios de auditoria devido à incerteza sobre quais exatamente são esses ativos, até hoje não revelados pela Tether.

Além disso, o relatório não leva em conta a retração nos mercados de criptomoedas vista desde o início de maio.

O relatório de auditoria é assinado pela empresa de contabilidade MHA Cayman. Como parte de um acordo com a procuradoria-geral de Nova York em fevereiro de 2021, a Tether deve divulgar atestados trimestrais de seus ativos e passivos com o objetivo de ser mais transparente quando se trata do que exatamente respalda a stablecoin USDT.

Segundo o relatório do primeiro trimestre, a Tether possui um total de US$ 82,4 bilhões em ativos, acima dos US$ 78,7 bilhões em 31 de dezembro de 2021. Segundo o agregador Coingecko, existem US$ 74,3 bilhões em USDT em circulação no momento.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe