Bolsa

Em mais uma manhã instável, Ibovespa se recupera e registra leve alta

Diferença de horário para pregão norte-americano tem deixado a bolsa instável pela manhã; dia tem vencimento de opções sobre ações

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Depois de abrir o pregão em queda, mais uma vez o Ibovespa mostra recuperação e, por volta das 11h00 (horário de Brasília), passa para o campo positivo, embora ainda mostre pouca força. Às 11h45, a alta era de 0,09%, aos 59.656 pontos.

Desde que a diferença de horário entre o pregão brasileiro e o norte-americano aumentou – por lá, as negociações só tem início às 12h30 -, por conta do início do horário de verão, o índice tem mostrado esse comportamento volátil pela manhã.

Contribuindo para esse cenário instável, nessa segunda-feira ocorre o vencimento de opções sobre ações, o que costuma elevar consideravelmente o volume negociado na bolsa.

Nesta manhã as maiores altas do índice ficam por conta das ações da Embraer (EMBR3, R$ 13,09, +2,51%), Duratex (DTEX3, R$ 15,27, +2,28%), Cosan (CSAN3, R$ 40,95, +2,20%), LLX (LLXL3, R$ 2,24, +1,82%) e Eletrobras PNB (ELET6, R$ 9,91, +1,75%).

Essa melhora no índice ocorre pela manhã mesmo com um dado decepcionante nos EUA: o NY Empire Manufacturing mostrou uma contração de 8,1 na atividade industrial da região em dezembro. A expectativa era para uma alta de 2,0, segundo compilação feita pelo portal norte-americano Briefing.com.

Mais tarde, às 12h00, o país divulga o Treasury International Capital, responsável por calcular a demanda estrangeira por títulos e ativos norte-americanos.

Abismo fiscal ainda em dúvida
Durante o fim de semana as discussões para evitar o chamado abismo fiscal nos EUA, evento em que uma série de cortes de gastos e aumentos de impostos serão acionados automaticamente em janeiro caso o Congresso não concorde com medidas para reduzir o déficit público, continuam em aberto. A expectativa é que isso leve o país à recessão no próximo ano.

O presidente republicano da Câmara dos Deputados, John Boehner, propôs no domingo elevar os impostos para milionários, noticia a imprensa local. Em troca, o republicano estaria pedindo corte de gastos com saúde e previdência social.