Regulamentação

Em carta a senadora, líder da SEC defende maior regulamentação de criptomoedas

Gensler afirma que a instituição se beneficiaria de instrumentos para regular melhor companhias que operam no setor de cripto

Por  Estadão Conteúdo -

O presidente da Securities and Exchange Comission (SEC) – equivalente à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) dos Estados Unidos -, Gary Ensler, voltou a defender o fortalecimento do poder regulatório da agência na regulamentação de criptomoedas. O argumento consta em carta endereçada à senadora democrata Elizabeth Warren, em resposta a questionamentos da parlamentar.

No documento, Gensler afirma que a instituição se beneficiaria de instrumentos para regular melhor companhias que operam no setor. “No momento, acredito que os investidores que usam essas plataformas não estão protegidos de forma adequada”, destacou.

O chefe da SEC ressalta a popularização de plataformas de finanças descentralizadas (DeFi, na sigla em inglês), que permitem que usuários façam transações por meio de redes de blockchain. Para ele, essas ferramentas podem ter implicações para leis de regulação de valores mobiliários, commodities e bancos.

“Isso levanta uma série de questões relacionadas à proteção de investidores e consumidores e contra atividades ilícitas e garantia de estabilidade”, destacou.

Em curso gratuito de Opções, professor Su Chong Wei ensina método para ter ganhos recorrentes na bolsa. Inscreva-se grátis e participe.

Compartilhe