El Niño deve afetar o clima em meados de 2023: quais os impactos para as ações agro?

Fenômeno meteorológico pode levar a preços abaixo do esperado para o trigo, milho e soja, e a aumento dos preços para açúcar, arroz e algodão

Felipe Moreira

Publicidade

As previsões meteorológicas indicam que o El Niño pode chegar a partir de meados de 2023, afetando os preços das commodities e das ações dos setores de Alimentos e Bebidas e Agronegócio. O El Niño é um fenômeno climático que ocorre quando o Oceano Pacífico fica mais quente que o normal, e que afeta as chuvas e as temperaturas em todo o mundo, o que, por sua vez, pode afetar também as plantações.

Segundo relatório do Bradesco BBI, o fenômeno meteorológico pode levar a preços abaixo do esperado para o trigo, milho e soja, e a aumento dos preços, além do esperado, para açúcar, arroz e algodão. “Isso ocorre porque o El Niño tende a aumentar as chuvas em regiões produtoras de grãos na América do Sul e nos Estados Unidos, enquanto pode causar secas em países asiáticos que são importantes produtores de açúcar, algodão, arroz e óleo de palma”, explicam os analistas.

No segmento de alimentos e bebidas, o banco acredita que a M. Dias Branco (MDIA3) se beneficia de custos mais baixos de trigo e milho. Com isso, manteve recomendação de compra e preço-alvo de R$ 50,00.

Treinamento Gratuito

Manual dos Dividendos

Descubra o passo a passo para viver de dividendos e ter uma renda mensal previsível, começando já nas próximas semanas

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Para carne bovina, os produtores de carne bovina dos EUA, JBS (JBSS3, neutra, preço-alvo de R$ 30,00) e Marfrig (MRFG3, neutra, preço-alvo de R$ 18,00), podem ter um desempenho melhor do que a Minerva (BEEF3, neutra, preço-alvo de R$ 16,00), já que o El Niño anterior melhorou as pastagens por lá, mas levou à seca no norte do Brasil, relevante para o gado.

Já no agronegócio, a São Martinho (SMTO3, neutra, preço-alvo de R$ 30,00) pode se beneficiar de preços mais altos do açúcar; assim, o preço da ação pode ter um desempenho melhor do que a SLC Agrícola (SLCE3, venda, preço-alvo de R$ 41,00), pois essa pode enfrentar preços de grãos mais baixos (apesar dos preços mais altos do algodão).

Enquanto isso, no segmento de fertilizantes, a 3tentos (TTEN3, compra, preço-alvo de R$ 18,00) se beneficiará mais do que a Agrogalaxy (AGXY3, compra, preço-alvo de R$ 19,00), dada a maior exposição à produção de grãos no Sul do Brasil, região que mais se beneficia do El Niño.

Continua depois da publicidade

Por fim, o BBI destacou que as previsões de produção ainda não refletem o El Niño. De acordo com analistas, os eventos anteriores sugerem que, se o El Niño ocorrer, as previsões de produção global (como o USDA) podem ser revisadas para cima em 3% para o trigo, 2% para o milho e ligeiramente para a soja, para os próximos 12 meses, e essa potencial maior oferta pode levar a preços mais baixos para essas commodities. Por outro lado, as previsões de produção global de algodão e arroz podem ser reduzidas em 1% e de açúcar em 3%, impulsionando os preços.