Proposta vencedora

EDP arremata elétrica Celg T em leilão de privatização por R$ 1,977 bi, ágio de 80,1%; ação ENBR3 cai 0,68%

O valor mínimo para arremate da Celg T era de R$ 1,097 bilhão

arrow_forwardMais sobre

A portuguesa EDP (ENBR3) arrematou a elétrica Celg Transmissão (Celg T), de Goiás, em leilão de privatização nesta quinta-feira (14), na bolsa paulista B3, por R$ 1,977 bilhão, com ágio de 80,10% ante o mínimo previsto.

No leilão, foram negociadas 100% das ações da Celg T, pertencentes à CelgPar, do governo de Goiás.

O valor mínimo para arremate da Celg T era de R$ 1,097 bilhão.

A Celg T é resultado da cisão de ativos da Celg Geração e Transmissão (Celg-GT)

Em breve análise, o Credit Suisse destaca que a notícia é inicialmente negativa, uma vez que o prêmio foi significativamente maior do que o proposto pelos concorrentes. O retorno, porém, pode ser melhorado com mais capex para o contrato de O&M (organização e manutenção), além de melhores condições de financiamento e desempenho de custo. Os papéis ENBR3 fecharam em queda de 0,68%, a R$ 18,97.

(com Reuters)

Curso inédito “Os 7 Segredos da Prosperidade” reúne ensinamentos de qualidade de vida e saúde financeira. Faça sua pré-inscrição gratuita.