Teleconferência de resultados

Ecorodovias (ECOR3) diz que aumento de alavancagem não é empecilho para participar de leilões

Segundo destacou o CEO em teleconferência, “isso não está limitando a nossa capacidade de olhar novos negócios”.

Por  Augusto Diniz -

No primeiro trimestre de 2022 (1T22), a Ecorodovias (ECOR3) apresentou alavancagem de 3,6 vezes, uma alta de 0,3 vez frente o quarto trimestre de 2021.

E, conforme apontou Marcello Guidotti, CEO da Ecorodovias, a analistas de mercado, nesta sexta (6), em teleconferência com analistas de mercado, este número, medido pela relação entre a dívida líquida e o lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) pode subir mais, chegando ao longo do ano em até 4,5 vezes.

No entanto, o executivo descartou que a alavancagem possa interferir na participação da empresa em novos leilões rodoviários.

O CEO da companhia comentou que o resultado se deve ao aumento da dívida líquida e da redução do Ebitda ajustado (últimos 12 meses), em função do encerramento dos contratos de concessão da Ecocataratas e Ecovia Caminho do Mar em novembro de 2021.

“E os investimentos na (concessão da) Ecovias Araguaia, ainda em fase pré-operacional, estão pressionando um pouco a alavancagem esperada”, disse o executivo.

“Achamos que isso vá continuar ao longo do ano. A alavancagem desse ano pode atingir de 4 a 4,5 vezes”, comentou Guidotti, ressaltando que quando começar a cobrança de pedágio na Ecovias Araguaia, prevista para o último trimestre do ano, “é esperado (que a alavancagem) se estabilize e volte a descer”.

Ainda segundo o CEO, “isso não está limitando a nossa capacidade de olhar novos negócios”.

A dívida bruta da Ecorodovias atingiu R$ 10,2 bilhões em março de 2022, aumento de 3,3% em relação ao quarto trimestre de 2021 (4T21), devido à quarta emissão de debêntures da Ecovias dos Imigrantes e à liberação de financiamento do BNDES para a concessionária Eco135, relatou a empesa.

Definição do governo para aumento de pedágio

Marcello Guidotti disse que a companhia ainda aguarda cálculos do governo para reajuste de pedágio das rodovias concessionadas à empresa.

“Estamos esperando reajuste (na concessão) da Ecovias do Cerrado, Eco135, Eco101 e Eco050. Isso terá impacto nas receitas ao longo do 2T22”, ressaltou.

Guidotti destacou ainda que o “momento inflacionário existe” e que a empresa também trabalha em ganho de eficiência organizacional e operacional na companhia.

De acordo com o executivo, contratos de concessões de rodovias federais têm outros de tipos de cálculos e fatores e “isso atrasou um pouco”. Segundo disse, a Ecosul e a Eco050 estão prestes a receber reajustes.

Repercussões dos resultados

Segundo a XP, as melhorias no tráfego impulsionaram o Ebitda da companhia. Os números foram vistos como neutros, com Ebitda ajustado em linha com as estimativas e representando uma queda de 17% na base anual, impactado pelo vencimento das concessões Ecocataratas e Ecovia Caminho do Mar em novembro de 2021. A XP mantém recomendação neutra para Ecorodovias.

O Credit Suisse também pontuou que os resultados em linha, com melhores resultados ainda por vir.

O banco suíço destaca que o Ebitda ajustado da empresa ficou exatamente em linha com suas projeções, enquanto o lucro líquido ajustado foi ligeiramente melhor. As margens Ebitda (Ebitda sobre receita líquida) no trimestre caíram, principalmente devido à contribuição negativa do Ebitda da concessão pré-operacional Ecovias do Araguaia, e concessões rescindidas Ecovia Caminho do Mar e Ecocataratas. O banco mantém recomendação outperform (desempenho acima da média do mercado) para o papel, e preço-alvo de R$ 10.

Contudo, apesar das avaliações de resultado neutro, as ações têm forte queda na sessão, de 5,43%, a R$ 5,92, por volta das 13h40 (horário de Brasília).

Tráfego dos quatro primeiros meses do ano

A Ecorodovias divulgou ainda nesta sexta (6) o tráfego de veículos pesados e leves em suas sete concessionárias rodoviárias com pedágio cobrado, no mês de abril e nos quatro primeiros meses do ano.

Na comparação de abril desse ano com o mesmo mês em 2021, ocorreu um crescimento de tráfego de 11,6%. Nos quadrimestre, em relação ao mesmo período do ano passado, a Ecorodovias registrou em suas concessionárias pedagiadas avanço de 8,9% no tráfego.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe