Previsões diferentes

Economistas de Wall Street se dividem sobre velocidade do Fed; BofA vê até 7 altas de juros em 2022

Anteriormente, previsões se concentravam em quatro altas de 0,25 ponto percentual dos juros em 2022, mas agora há maior dispersão

Por  Bloomberg -

(Bloomberg) — Os maiores bancos de Wall Street estão divididos sobre quão rápido e até onde o Federal Reserve subirá as taxas de juros, após o presidente Jerome Powell sinalizar que poderia ser mais agressivo no combate à inflação mais elevada em quatro décadas.

Como Powell não deu uma orientação específica sobre o que o Fed fará, além de indicar que aumentará as taxas em março, economistas e investidores estão fazendo avaliações diferentes sobre os próximos passos, arriscando um caminho agitado à frente para os mercados.

Anteriormente, os economistas concentravam suas previsões em quatro altas de 0,25 ponto percentual dos juros em 2022. Agora, a maioria concorda que o Fed aumentará a taxa em 0,25 pp em março, embora a Nomura Holdings veja a primeira alta de 0,50 pp desde 2000.

A partir daí, as diferenças começam a se ampliar:

  • Quantas vezes o Fed fará mudanças na taxa este ano (três, quatro, cinco, seis ou sete vezes)
  • Em quais meses depois de março
  • O que vai fazer em 2023
  • Qual será o pico dos juros

Também há desacordo sobre quando anunciará a redução de suas enormes posições em títulos, embora muitos economistas tenham antecipado a data para isso acontecer.

Um relatório de fim de semana de economistas do Goldman Sachs destacou a dificuldade em prever o Fomc.

“O Fomc pode subir menos de cinco vezes se as condições do mercado mudarem abruptamente em algum momento ou se a economia desacelerar ainda mais do que nossa previsão abaixo do consenso implica”, disseram os economistas liderados por Jan Hatzius. “Mas também pode aumentar mais de cinco vezes em 2022 se a inflação permanecer elevada o suficiente para fazer com que a continuação da alta em todas as reuniões também seja um curso natural no final do ano.”

Veja um resumo das previsões dos bancos:

Bank of America

  • Sete aumentos de 0,25 pp este ano, atuando em todas as reuniões restantes para encerrar 2022 em uma faixa de 1,75% a 2%
  • Redução do balanço será anunciada em maio
  • Um aumento a cada trimestre em 2023, levando o benchmark a um pico de 2,75% a 3%

Nomura Holdings

  • Um aumento de 0,50 pp em março, seguido por três de 0,25 pp em maio, junho e julho, encerrando o ano em 1,25% a 1,5%
  • Movimentos de 0,25 pp em junho e dezembro de 2023

BNP Paribas

  • Seis aumentos de 0,25 pp este ano, em cada reunião restante, exceto novembro, terminando 2022 em 1,5% a 1,75%
  • Novos aumentos em 2023 para encerrar o ano em 2,25% a 2,5%

Goldman Sachs

  • Cinco altas de 0,25 pp este ano, em março, maio, julho, setembro e dezembro, para atingir 1,25% a 1,5%
  • Redução do balanço anunciada em junho
  • Em 2023, altas de três 0,25 pp, seguidas de mais em 2024 para atingir 2,5% a 2,75%

JPMorgan

  • Cinco altas de 0,25 pp este ano, em março, maio, julho, novembro e dezembro, para atingir 1,25% a 1,5%
  • Redução do balanço anunciada em junho
  • Duas altas no início de 2023 e depois em junho para terminar em 2,5% a 2,75%
  • “Se os desenvolvimentos exigirem mais aperto do que em nossa previsão, primeiro removeríamos essas pausas antes de definir movimentos de 50bps”, diz o economista Michael Feroli

Deutsche Bank

  • Cinco altas de 0,25 pp este ano, em março, maio e junho, depois trimestralmente no segundo semestre, para atingir 1,25% a 1,5%
  • Redução do balanço anunciada em julho
  • Três altas em 2023 para deixar a taxa um pouco acima de 2%

Citigroup

  • Cinco altas de 0,25 pp este ano, em março, maio e junho, depois trimestralmente no segundo semestre, para atingir 1,25% a 1,5%
  • Aumentos trimestrais em 2023 para atingir 2,25% a 2,5% no final do ano

Morgan Stanley

  • Mantém a previsão de aumentos em março, junho, setembro e dezembro, embora com um “risco significativo de que pelo menos alguns desses aumentos sejam entregues sequencialmente”
  • Duas altas em 2023 para chegar a 1,5% a 1,75%

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe