Payroll

Economia dos EUA cria 235 mil empregos em fevereiro, acima do esperado

Payroll é último dado importante do mercado de trabalho dos EUA antes da decisão de política monetária do Fed no próximo dia 15

People line up and read the sales flyer outside a Toys”R”Us store in Times Square before their Black Friday Sale in New York November 28, 2013. REUTERS/Carlo Allegri

SÃO PAULO – A economia dos Estados Unidos gerou 235 mil postos de trabalho em fevereiro, segundo relatório payroll divulgado nesta sexta-feira (10). O resultado veio melhor que a estimativa do mercado de criação de 200 mil vagas de trabalho no mês passado, segundo levantamento da Bloomberg.

Além disso, o Departamento de Trabalho dos EUA informou também que a taxa de desemprego norte-americana passou de 4,8% para 4,7% entre janeiro e fevereiro, ficando em linha com a projeção de 4,7% dos analistas do mercado consultados pela Bloomberg.

O mercado sempre observa com atenção os relatórios de emprego dos EUA à espera de indicações sobre uma recuperação mais forte ou mais fraca da economia do país. Se os dados vêm mais altos do que o esperado, as interpretações são de que crescem as chances de o Federal Reserve elevar os juros.

PUBLICIDADE

O indicador deste mês é especialmente importante porque, nas últimas semanas, dirigentes do Fed sinalizaram para a possibilidade de uma elevação dos juros “em breve” e cresceu no mercado a percepção de que a elevação pode se concretizar já na reunião da próxima quarta-feira, 15 de março.