Balanço

Ebitda da Sinqia sobe 168% no 2º trimestre e vai a recorde de R$ 19,7 milhões; receita avança 77%

Já a margem Ebitda (Ebitda sobre receita líquida) foi de 22,4%, aumento de 7,5 pontos percentuais

(Divulgação/Sinqia)

SÃO PAULO – A Sinqia (SQIA3), provedora de tecnologia e inovação para o mercado financeiro, anunciou nesta quarta-feira (4) seus resultados do segundo trimestre de 2021.

O lucro líquido ajustado da companhia ficou em R$ 12,58 milhões, alta de 205% na comparação anual e avanço de 127% na base trimestral. Já sem o ajuste, o lucro foi de R$ 4,8 milhões (8,3 vezes os R$ 600 mil do mesmo período do ano anterior, resultado do maior nível de receita da companhia combinado com a gestão diligente de despesas.

O lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) registrou recorde de R$ 19,7 milhões, crescimento de 168,1% sobre o mesmo período do ano anterior. Já a margem Ebitda (Ebitda sobre receita líquida) foi de 22,4%, aumento de 7,5 pontos percentuais, superando pela primeira vez o patamar de 20,0%.

“Estamos satisfeitos com a tendência, e passaremos a mirar um novo objetivo a médio prazo, por meio de otimização do negócio orgânico, captura de sinergias das últimas aquisições e contribuição das próximas aquisições, com margens potencialmente mais elevadas”, ressaltou Thiago Rocha, CFO da Sinqia.

No período, a empresa destacou ter avançado em importantes ações de sua agenda estratégica, tais como as aquisições de Simply e FEPWeb; a parceria com a Sensedia; o investimento na Celcoin; a aquisição da unidade de softwares e serviços de administração previdenciária da Mercer Brasil e, ainda, sua 2ª emissão de debêntures.

No trimestre, o faturamento recorrente anual (ARR, na sigla em inglês) de software atingiu recorde de R$ 272,8 milhões, crescimento de 81,4% sobre o mesmo período do ano anterior. Houve um incremento inorgânico relevante proveniente das aquisições da Tree, Fromtis, ISP, Simply e FEPWeb, e uma adição orgânica impulsionada pelo maior volume de vendas e reajuste inflacionário.

A receita líquida foi de R$ 87,8 milhões, crescimento de 77,2% sobre o mesmo período do ano anterior, patamar recorde, apontou a companhia. De acordo com a Sinqia, a nova unidade de negócios Sinqia Digital, formada com as aquisições de Simply e FEPWeb, contribuiu para o resultado. “Essa unidade vem apresentando um crescimento impressionante, impulsionado por produtos que atendem a novas necessidades do sistema financeiro, estratégia comercial “land and expand” e modelo comercial fundamentado em precificação transacional”, afirma o executivo.

A empresa ainda destacou que, no âmbito da Inovação, depois de ter criado seu próprio programa de Corporate Venture Capital (CVC), o Torq Ventures, a Sinqia vem unindo forças com parceiros e, nesse trimestre, anunciou seu primeiro investimento direto minoritário, a Celcoin. A empresa é pioneira no conceito de open finance no Brasil, e o aporte compôs uma rodada de R$ 55,0 milhões que contou com a liderança do Torq Ventures.

E recentemente, a companhia divulgou a segunda emissão de debêntures simples, totalizando até R$ 250 milhões, que serão utilizados na ampliação da participação no mercado. ”Pretendemos iniciar em breve o nosso quarto ciclo de investimento. Os primeiros 3 nos trouxeram à liderança do setor, e o próximo deve ser ainda mais ambicioso e importante: nossos sonhos são o de ter presença em todas as instituições financeiras que operam no Brasil e ser o principal parceiro tecnológico delas. A jornada está só começando”, afirmou Rocha.

PUBLICIDADE

Em curso gratuito de Opções, professor Su Chong Wei ensina método para ter ganhos recorrentes na bolsa. Inscreva-se grátis e participe.