Driblando a crise, Wal-Mart revela planos para contratar 22 mil pessoas nos EUA

Varejista fará contratações no Arizona, Califórnia, Flórida, Michigan, New Jersey, Carolina do Sul, Utah e Virginia

Por  Equipe InfoMoney -

SÃO PAULO – A gigante varejista norte-americana Wal-Mart afirmou nesta quinta-feira (4) que espera empregar mais de 22 mil pessoas para atuarem em suas lojas de departamento nos Estados Unidos.

“Durante este período econômico difícil, nós temos o orgulho de poder oferecer vagas de qualidade para milhares de trabalhadores”, declarou Eduardo Castro-Wright, vice-chairman da companhia nos EUA.

A rede Wal-Mart, considerada a maior varejista do mundo, previamente anunciou que deverá abrir entre 142 e 157 novas lojas em 2009. Contudo, as cifras são menores em relação ao número de lojas inauguradas no decorrer do ano passado.

Em 2008, a companhia criou 33 mil novas vagas de trabalho nos Estados Unidos, segundo um relatório anual da empresa publicado em abril.

Estratégia

A princípio, o Wal-Mart planeja criar mil postos de trabalho em oito estados norte-americanos considerados “chave”, especialmente por conta do poder de consumo da população. São eles: Arizona, Califórnia, Flórida, Michigan, New Jersey, Carolina do Sul, Utah e Virginia.

O Wal-Mart é o maior empregador do setor privado dos EUA, com um quadro de funcionários superior a 1,45 milhão de pessoas. Em todo o mundo, a companhia contabiliza mais de 2 milhões de trabalhadores.

Compartilhe