Moeda digital de banco central

Dólar digital pode acabar com os bancos, alertam lobistas de Wall Street

O Federal Reserve estuda se deve seguir outros países e lançar uma moeda digital, mas banqueiros argumentam que a ideia é perigosa

-

Em carta enviada na sexta-feira (20) por lobistas de Wall Street ao Federal Reserve (Fed), banqueiros argumentam que o lançamento de um dólar digital pode romper a sustentação do sistema bancário.

O Fed pediu opiniões sobre um relatório que explora o futuro de uma potencial moeda digital do banco central (CBDC, na sigla em inglês) emitida pelos Estados Unidos. Um dólar digital governamental pode trazer grandes implicações para o setor financeiro e também nas stablecoins emitidas por empresas de criptomoedas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Em sua maioria, as pesquisas atuais diminuem os supostos benefícios de uma CBDC e, em vez disso, indicam que essa moeda iria rachar o sistema financeiro, prejudicando significativamente consumidores e empresas”, afirmou Greg Baer, que encabeça um dos setores do lobby de Wall Street em Washington, o Bank Policy Institute.

A carta também argumentou que “uma das razões mais citadas em apoio à CBDC é que aumentaria a inclusão financeira, mas, não estamos cientes de qualquer caso de uso substanciado para a CBDC que beneficiaria pessoas de média e baixa renda”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Já o American Bankers Association, outro grupo bancário de Washington, se pronunciou sobre o dólar digital dizendo que a novidade significaria que “os depósitos, que representam 71% do financiamento dos bancos, correm risco de ir para o Fed”. O texto diz ainda que o dinheiro digital iria aumentar drasticamente o custo de financiamento no setor bancário, chegando a um nível “insustentável”.

O conselho do Fed considera a ideia de lançar um dólar digital, mas funcionários do governo têm tido o cuidado de permanecer neutros, sugerindo que qualquer plano do tipo deve ter apoio do Congresso e da governo para avançar.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Essa também foi a tônica de Michael Barr — a escolha do presidente Joe Biden para ser o próximo vice-presidente do Fed — durante audiência de confirmação na semana passada. No entanto, diversos novos membros do conselho do Fed tomaram posse na segunda-feira, marcando uma transição oficial para a era dos indicados de Biden.

Apesar de o dólar digital surgir frequentemente como tema em audiências e debates do Congresso, nenhum projeto de lei teve força suficiente para encorajar o Fed a colocá-lo em ação até o momento. As primeiras negociações quanto a uma CBDC geralmente incluíam o potencial efeito que teriam nas stablecoins, e o presidente do Fed, Jerome Powell, já afirmou que espera que as stablecoins privadas consigam coexistir com um dólar digital.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney