Política monetária

Diretor do BC, Luiz Awazu, comanda hoje reunião trimestral com analistas em São Paulo

Ao ser perguntado pela reportagem se iria presidir a reunião trimestral com analistas entre meados de agosto e início de setembro, o diretor disse que estará "à disposição até o último momento"

Aprenda a investir na bolsa

O diretor de Política Econômica do Banco Central (BC), Luiz Awazu Pereira, disse ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, na última sexta-feira, 15, que comandará hoje três sessões da reunião trimestral com analistas em São Paulo – e que amanhã se encontrará com representantes do mercado financeiro do Rio de Janeiro.

Ao ser perguntado pela reportagem se iria presidir a reunião trimestral com analistas entre meados de agosto e início de setembro, o diretor disse que estará “à disposição até o último momento”. A dúvida em relação a setembro surgiu porque Awazu deixará a autarquia até o fim daquele mês para assumir, em 1º de outubro, a vice-gerência-geral do Banco de Compensações Internacionais (BIS), em Basileia, Suíça.

Estes encontros ocorrem a cada três meses e servem para o BC colher informações e percepções dos analistas sobre inflação, atividade econômica e economia internacional para ajudar na confecção do Relatório Trimestral de Inflação (RTI). A próxima divulgação do documento será feita até o final de setembro.

Aprenda a investir na bolsa

“Tem muito tempo até lá, não sei o que poderá acontecer, mas estarei à disposição para servir o Brasil até o último momento”, reiterou Awazu. Ele ficará pouco tempo à frente da diretoria de Política Econômica do BC: assumiu o cargo no início de fevereiro em substituição ao antecessor Carlos Hamilton de Araújo e já está com data marcada para partir. Awazu foi nomeado pelo Conselho do BIS, do qual faz parte o presidente do BC, Alexandre Tombini, para um mandato que se estende de 2015 a 2020.