Perspectiva

Direto ao ponto: Ibovespa deve engatar alta, com reeleição de Obama

Mercado deve seguir otimista e buscar recuperação no curto prazo, diz analista

SÃO PAULO – Seguindo os rumos da eleição norte-americana, o Ibovespa consolidou ganhos de 2,15%, atingindo 59.458 pontos na última terça-feira (6), na esteira dos mercados financeiros internacionais, que mostraram força diante de que uma vitória do atual presidente dos Estados Unidos na corrida à Casa Branca seria a mais provável. 

A eleição nos EUA foi acirrada: pesquisas mostraram um empate do voto popular entre o presidente Barack Obama e o republicano Mitt Romney na votação da última terça. Contudo, Barack Obama derrotou o republicano e evita um prolongamento da disputa – como ocorreu entre 2000 com Al Gore e George W. Bush. Obama seria melhor para o Brasil, avaliam economistas.

Na esteira da eleição, Ibovespa deve avançar pelo 2° dia
Em meio à reeleição de Barack Obama nos EUA, o Ibovespa deve seguir para sua segunda sessão consecutiva de ganhos. “O mercado está muito depreciado e agora devemos ter um período curto de recuperação”, disse o analista Ivanor Torres. 

Segundo ele, o benchmark tem chances de continuar essa tendência altista e encerrar o ano próximo dos 65.000 pontos. “Entre janeiro e fevereiro, a bolsa chegou a subir 20%, mas o mercado devolveu tudo nos meses seguintes, e agora poderemos ver uma arrancada no restante do ano”, complementou. 

Apesar do otimismo, o analista recomenda que o investidor mantenha cautela, já que o movimento do mercado tem se guiado muito por especulação. Contudo, ele reforça que o momento é bom para o investidor, lembrando que os papéis estão num ponto “atrativo”, principalmente aqueles jujas empresas são voltadas para o mercado interno. 

Agenda da próxima sessão
Com exceção da eleição presidencial nos Estados Unidos, que deve continuar mexendo com o humor do mercado na próxima sessão, a agenda norte-americana segue com pouca força e o olhar deve se voltar para os indicadores nacionais, com destaque para a divulgação do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), dados dos indicadores industriais e vendas e produção de veículos. 

A temporada de balanços corporativos também ganhará força, quando estão programados para ser divulgados os números do terceiro trimestre da: Cosan (CSAN3), Multiplan (MULT3), Multiplus (MPLU3), Eternit (ETER3), Valid (VLID3), Ultrapar (UGPA3) e as empresas do grupo de Eike Batista – LLX (LLXL3) e MMX (MMXM3). Confira demais resultados na agenda do portal InfoMoney.

Já na Europa, as principais referências ficam com o discurso da chanceler alemã, Angela Merkel, e o indicador de produção industrial na Alemanha, referente ao mês de setembro.