Conteúdo editorial apoiado por
IM Trader

“Dedo gordo” pode ter feito corretor perder R$ 1,6 milhão com ações do HSBC

Ordem errada de corretor fez papéis do banco dispararem quase 10% em 30 segundos; 5 minutos depois, eles voltaram aos preços de antes

Marcos Mortari

Publicidade

SÃO PAULO – Mais um caso curisoso de “dedo gordo” vai entrar para a história do mercado financeiro mundial. Em menos de 30 segundos, uma operação equivocada de um corretor na bolsa de Londres fez com que as ações do HSBC subissem mais de 10% e o FTSE100 – principal índice acionário da bolsa britânica – virasse para alta em um dia de quedas. Contudo, minutos depois tanto o preço das ações e quanto o índice voltaram aos patamares anteriores, o que deve ter resultado em fortes perdas para este corretor.

De acordo com informações do portal do jornal The Independent, estima-se que o trader tenha perdido mais de 400 mil libras esterlinas – o equivalente a cerca de R$ 1,6 milhão – com o equívoco, que ainda fez com que as ações do HSBC ficassem com negociação suspensa por 5 minutos, após o movimento extremamente atípico – em menos de um minuto, os papéis saltaram de 630 libras para 688 libras.

O erro ocorreu por um engano na ordem da compra realizada – muito acima do valor das ações no momento em que foi realizada -, o que fez com que a ação do banco disparasse e, logo em seguida devolvesse todos os ganhos sem negociações feitas no meio do caminho. Por ter digitado um valor maior do que queria que esse erro recebe o nome popular de “dedo gordo”.

Treinamento Gratuito

Manual dos Dividendos

Descubra o passo a passo para viver de dividendos e ter uma renda mensal previsível, começando já nas próximas semanas

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

A notícia traz ainda que operadores acreditam que outro “dedo gordo” ocorreu no mesmo pregão com as ações da Diageo, que viu seus papéis despencarem 11% de repente.

Marcos Mortari

Responsável pela cobertura de política do InfoMoney, coordena o levantamento Barômetro do Poder, apresenta o programa Conexão Brasília e o podcast Frequência Política.