Investimento

De olho em IPO, Binance compra parte da Forbes por US$ 200 milhões

Corretora de criptomoedas arcará com a metade de novo aporte de US$ 400 milhões

Por  CoinDesk

A exchange de criptomoedas Binance realizou um investimento de US$ 200 milhões na editora Forbes e na Magnum Opus Acquisition Limited, anunciaram as empresas em comunicado nesta quinta-feira (10).

A Forbes, editora por trás da revista homônima e da lista anual que classifica as pessoas mais ricas do mundo, quer ser listada na bolsa de valores de Nova York através da fusão com a Magnum Opus, uma empresa de aquisição de propósito específico (SPAC, na sigla em inglês), sob o símbolo “FRBS”.

Em nota à imprensa, a companhia afirmou que a publicação pretende usar o investimento para acelerar seu crescimento digital.

A Binance vai arcar com metade do aporte de US$ 400 milhões realizado por investidores institucionais anunciado em agosto do ano passado. Na prática, a corretora se torna uma das duas maiores proprietárias da Forbes.

Patrick Hillmann, diretor de comunicações da Binance, e Bill Chin, líder da Binance Labs, vão ingressar no conselho da Forbes uma vez que a transação for concluída, o que deve acontecer no primeiro trimestre de 2021.

“Com o avanço da Web 3 e das tecnologias de blockchain e o amadurecimento do mercado de criptomoedas, sabemos que a imprensa é um elemento essencial para desenvolver a compreensão e educação do consumidor. Esperamos amparar as iniciativas digitais da Forbes conforme elas se expandem em uma plataforma de alto nível de insights em investimentos”, afirmou Changpeng Zhao, fundador e CEO da Binance.

A CNBC já havia noticiado recentemente que a Binance buscava realizar um investimento estratégico de US$ 200 milhões na Forbes.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receba a Newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe