Balanços

Daycoval registra lucro recorrente de R$ 333,3 milhões no 2º tri, alta de 12,7% na base anual

Já a rentabilidade sobre o patrimônio líquido médio (ROAE recorrente) encerrou o primeiro semestre de 2021 em 27,5%

Por  Equipe InfoMoney -

SÃO PAULO – O banco Daycoval registrou lucro líquido recorrente de R$ 333,3 milhões no segundo trimestre de 2021, alta de 1% em relação ao primeiro trimestre e 12,7% acima na base de comparação anual.

A rentabilidade sobre o patrimônio líquido médio (ROAE recorrente) encerrou o primeiro semestre de 2021 em 27,5% contra 29,3% em relação ao mesmo período do ano anterior.

“O Daycoval evoluiu em várias frentes, em todas as verticais de negócios, que contribuem para alcançar os objetivos estratégicos de alavancar o crescimento, melhorar a experiência do cliente por meio da jornada digital e aperfeiçoar os processos para aumentar a eficiência operacional”, apontou Ricardo Gelbaum, diretor de RI.

O lucro contábil ficou em R$ 296,6 milhões no segundo trimestre, alta de 14,4% na comparação anual, mas baixa de 32,1% na base trimestral, em decorrência da alta da provisão e impacto negativo da marcação a mercado do hedge sobre as captações externas e operações de crédito no montante de R$ 22 milhões, além de variação cambial negativa no valor de R$ 35 milhões nos investimentos em subsidiárias no exterior, por conta da apreciação do real frente ao dólar no período.

A carteira de crédito ampliada totalizou R$ 39,9 bilhões, alta de 7,1% no trimestre e crescimento de 51,9% em relação ao primeiro semestre de 2020. A instituição financeira aponta que o destaque foi a aceleração do segmento de empresas, impulsionada pelos produtos de compra de direitos creditórios e comércio exterior.

A carteira de empresas encerrou o semestre com elevação de 70,5% se comparado com o mesmo período do ano anterior, totalizando R$ 30,4 bilhões. Até junho, o crédito à pessoa física totalizou R$ 8,1 bilhões, crescimento de 15,5% contra o mesmo período de 2020, resultado este que já reflete o forte crescimento de originação dos últimos meses.

O trimestre foi marcado também pelo início das operações do Banco Daycoval no mercado de capitais com emissão e estruturação de Debêntures. “Iniciamos muito bem as operações de Títulos Privados e continuamos engajados junto aos clientes para que o cenário seja promissor em nosso pipeline para os próximos meses”, comenta Gelbaum.

A captação total foi de R$ 39,3 bilhões em junho de 2021, evolução de 35,1% em comparação ao mesmo período de 2020. A expansão dos negócios foi praticamente em todas as linhas, refletindo o movimento observado ao longo do período, destaca a companhia no release de resultados.

O índice de inadimplência acima de 90 dias foi de 1,6% no segundo trimestre, estável em comparação ao trimestre
anterior, e 0,3 ponto percentual abaixo em comparação ao mesmo período do ano anterior

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Compartilhe