Conteúdo editorial apoiado por
IM Trader

Day Trade Hoje: O que esperar dos minicontratos e do Ibovespa nesta quinta-feira

Na agenda de hoje, produção industrial nos EUA, falas do Fed e de diretor do BC

Felipe Alves

Day Trade Ao Vivo no Arena Trader. Conteúdo XP

Publicidade

O Ibovespa fechou a última sessão no negativo. Com isso, registrou baixa de 0,38%, aos 128.027 pontos. Após o fechamento em alta, na última terça-feira, o índice interrompeu suas sessões de ganhos e retomou a baixa, voltando a testar regiões de suporte relevantes. Diante de tal movimento, podemos dizer que o ativo voltou a ficar consolidado entre a região de suporte dos 127.375 e a resistência dos 129.021 pontos.

Com base no gráfico de 60 minutos do Ibovespa, o analista gráfico Rodrigo Paz observa que o ativo foi buscar a região de suporte dos 127.375 e fez a mínima do dia nos 127.029 pontos, faixa próxima da média móvel de 200 períodos. Porém, nesta região de suporte, a ponta compradora voltou a atuar de maneira significativa, não deixando que o ativo continuasse a renovar mínimas. Com isso, o ativo se recuperou fechando próximo de uma região de troca de polaridade, região que antes era um suporte e agora se tornou uma resistência nos 128.275 pontos. Sendo assim, o ativo continua consolidado entre a resistência dos 129.021 e suporte de 127.375 pontos.

Para que o ativo retome o seu fluxo de alta, ele deverá romper a resistência dos 129.275 pontos. Segundo Paz, caso ocorra esse rompimento, o ativo poderá seguir com fluxo comprador para buscar novas faixas de resistência. Rompendo tal região, tende a buscar a resistência nos 129.021, com alvo mais longo nos 129.875 pontos.Caso continue com fluxo vendedor, deverá perder o suporte dos 127.375 pontos. Se perder tal faixa, poderá buscar próximos suportes nos 126.375, com alvo mais longo na região de 125.850 pontos.

Continua depois da publicidade

Day Trade hoje: Agenda

Na agenda de hoje, às 8h sai o IGP-10 de maio, com consenso LSEG prevendo alta de 0,95% na base mensal. Às 9h, Diogo Abry Guillen participa da Palestra Magna da II Conferência Anual do Banco Central do Brasil. Às 10h30, Lula se reúne com ministro da Secretaria de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, da Casa Civil, Rui Costa, e ministro da Fazenda, Fernando Haddad.

Nos EUA, às 9h30 saem dados de pedidos de seguro-desemprego semanal (consenso LSEG prevê 220 mil solicitações) e Início de construções Abril. Às 10h15 saem dados de produção industrial de abril (consenso LSEG projeta alta de 0,1%). A partir das 11h, há quatro dirigentes do Fed programados para falar ao longo do dia: 11h (Michael Barr, do Fed), 11h30 (Patrick Harker, do Fed de Filadélfia), 13h (Loretta Mester, do Fed de Cleveland) e 16h30 (Raphael Bostic, do Fed de Atlanta).

Mercados internacionais

Às 7h40, os futuros em NY operavam em alta: Dow, +0,04%; S&P500, +0,03%; e Nasdaq, +0,15%. Na Europa, o Stoxx600 opera em queda de 0,13%, e na Ásia, a bolsa do Japão subiu 1,39% e a de Xangai avançou 0,08%.

Continua depois da publicidade

Nos EUA, o rendimento dos títulos de 10 anos opera em queda, aos 4,338%, e o índice do dólar (DXY) opera em alta de 0,06%, aos 104,40 pontos.

Enquanto isso, o petróleo do tipo WTI cai a US$ 78,31, com -0,42%, e o do tipo Brent recua 0,40%, a US$ 82,42.

O minério de ferro negociado na bolsa de Dalian teve alta de 2,56%, a 881,00 iuanes, o equivalente a US$ 122,04.

Continua depois da publicidade

Minicontratos

Os contratos de mini-índice (WINM24), com vencimento em junho, fecharam a última sessão no negativo, registrando baixa de 0,40%, aos 129.210 pontos.

Com base no fechamento da última quarta-feira, aos 129.210, o analista técnico Rodrigo Paz aponta como suportes 129.050/128.945 (1), 128.385 (2) e 127.845/127.555 (3). Enquanto isso, as resistências encontram-se em 129.300 (1), 129.740/129.965 (2) e 130.475/130.975 (3).“Para o pregão de hoje (quinta-feira), os traders devem se atentar para possível movimento de alta do índice, que retomou acima das médias, e para isso será necessário que rompa a região de 129.300 pontos, para buscar alvos mais altos. Porém, caso perca a faixa de médias poderá novamente buscar a região dos 128.000 pontos”, aponta Paz.

Os contratos de minidólar (WDOM24), com vencimento em junho, fecharam a última sessão no positivo, registrando alta de 0,21% aos 5.144 pontos.

Continua depois da publicidade

Assim, com base no fechamento da última terça-feira, aos 5.144 pontos, o analista técnico Rodrigo Paz aponta como suportes 5.139,5/5.127 (1), 5.118 (2) e 5.094,5/5.089 (3). Enquanto isso, as resistências encontram-se em 5.150,5 (1), 5.170/5.175 (2) e 5.182,5/5.187 (3).

Com base no gráfico de 15 minutos é possível notar que o contrato do minidólar dentro de lateralização, com suporte na região de 5.127 pontos e resistência nos 5.170/5.175 pontos. Na última sessão abriu com gap de alta, porém perdeu força ao longo do dia, ainda fechou no positivo.

Suporte e resistência

Confira, agora, os principais pontos de suporte e resistência para os minicontratos de dólar e de índice para esta quinta-feira.

Confira mais conteúdos sobre análise técnica no IM Trader. Diariamente, o infomoney publica o que esperar dos minicontratos de dólar e índice. As melhores plataformas para operar na Bolsa. Abra uma conta na XP.