Prévia operacional

Cyrela (CYRE3) atinge R$ 2,5 bi em valor geral de vendas de lançamentos no 4º tri, queda de 11,1%

As vendas líquidas contratadas neste trimestre somaram R$ 1,575 bilhão, valor 15% inferior ao registrado no quarto trimestre de 2020

Por  Equipe InfoMoney -

A Cyrela (CYRE3) atingiu R$ 2,5 bilhões em Valor Geral de Vendas (VGV) de lançamentos no quarto trimestre de 2021, queda de 11,1% contra um ano antes, informou a companhia em comunicado ao mercado na noite de quinta-feira (13). 

As vendas líquidas contratadas neste trimestre somaram R$ 1,575 bilhão, valor 15% inferior ao registrado no quarto trimestre de 2020 (R$ 1,860 bilhão).

A participação da companhia nas vendas contratadas foi de 90% no quarto trimestre de 2021, abaixo dos 91% do mesmo trimestre do ano anterior e do terceiro trimestre de 2021.

Os dados operacionais resultaram em um indicador de Vendas sobre Oferta (VSO) de 12 meses de 44%, ficando abaixo do VSO 12 meses apresentado no mesmo trimestre do ano anterior (48,4%).

O Itaú BBA diz que a Cyrela apresentou um sólido desempenho de lançamentos no trimestre, com uma melhora acentuada de 24% no trimestre. A velocidade de vendas manteve-se saudável apesar da desaceleração nas vendas de unidades prontas. Assim, o banco destacou esperar uma reação ligeiramente positiva do mercado.

O banco mantém avaliação outperform (desempenho acima da média do mercado) para Cyrela, e preço-alvo de R$ 28,60, frente a cotação de quinta de R$ 14,19.

O Credit Suisse também aponta que a companhia segue registrando fortes volumes de lançamento, mas as vendas apontam para uma ligeira desaceleração.

O banco ainda espera uma maior deterioração na dinâmica do setor. No entanto, tem uma visão positiva da postura cautelosa da companhia em relação aos lançamentos e ela tem superado com sucesso cenários mais desafiadores. Dessa forma, diz que não tem motivos para acreditar que desta vez deva ser diferente.

O banco mantém recomendação neutra para Cyrela, e preço-alvo de R$ 20.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Bradesco BBI, por sua vez, tem recomendação outperform (desempenho acima da média do mercado) para Cyrela, com preço-alvo de R$ 28, apontando que a empresa tem lançamentos agressivos marcados por vendas consistentes.

Em um trimestre bastante desafiador, o banco diz que a Cyrela ainda apresentou crescimento operacional com notável consistência, superando as expectativas de lançamentos e (em menor escala) de vendas, avalia.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui!

Compartilhe