Custo de vida na cidade de São Paulo sobe 0,63% em maio, revela Dieese

Comportamento se deve, principalmente, à elevação nos preços dos grupos de habitação, saúde e transporte

Por  Equipe InfoMoney -

SÃO PAULO – O Índice de Custo de Vida (ICV) da cidade de São Paulo aumentou 0,63% no quinto mês do ano, o que revela um crescimento de 0,22 ponto percentual sobre o resultado verificado em abril (0,41%).

Os dados, divulgados nesta terça-feira (05), fazem parte do levantamento mensal realizado pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-Econômicos).

Segmentos

De acordo com o Dieese, o comportamento de maio se deve, principalmente, à elevação nos preços dos grupos de habitação (1,89% e contribuição de 0,43 ponto percentual no total), saúde (0,60% e 0,09 pp) e transporte (0,39% e 0,07 pp).

O segmento de alimentação, por sua vez, variou 0,16%, o que representa 0,04 ponto percentual de contribuição. Já o de equipamento doméstico teve taxa negativa (-0,41%) e contribuição de -0,02 pp.

Destaques

No grupo de habitação, o destaque ficou por conta do aumento verificado no subgrupo locação, impostos e condomínio (3,71%), conseqüência do reajuste ocorrido nos condomínios (8,45%).

Já na saúde foram detectados aumentos em seus dois subgrupos: 0,51% para assistência médica, devido à elevação nos seguros e convênios médicos (0,56%), e 0,95% para medicamentos e produtos farmacêuticos, que tiveram seus preços reajustados a partir da 2ª quinzena de abril.

Por fim, a variação do grupo de transporte pode ser atribuída ao subgrupo individual (0,54%), com alta nos combustíveis (0,93%), em especial no álcool (1,64%).

Compartilhe