CSFB reduz projeções para empresas européias de semicondutores

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

As ações de empresas européias de tecnologia apresentam baixa depois que o Credit Suisse First Boston (CSFB) cortou suas expectativas de lucros para as empresas fabricantes de semicondutores STMicroeletronic, Royal Philips Eletronics e Infineon Technologies.
A maior empresa européia de semicondutores, ST ,caiu 4%, após o anúncio do CSFB de que rebaixaria a recomendação de strong buy para buy e também reduziria a projeção de lucro da empresa para 2001. O banco projeta agora lucro por ação de 1,99 euros, contra os 2,23 euros previstos inicialmente. Além disso, o preço-alvo projetado pelo CSFB para os papéis da companhia, passou de 80,00 euros para 65,00 euros.
A Philips, segunda maior fabricante de chips da Europa, perdeu 3,4%, depois que o banco suiço projetou um lucro por ação menor que o esperado para o próximo ano, passando dos iniciais 2,78 euros para 2,69 euros.
A terceira a ter suas projeções revistas para baixo pelo CSFB, foi Infineon, que é hoje a maior empresa de semicondutores alemã. O Credit Suisse anunciou um corte na expectativa de lucros da empresa, que passa a ser 1,5 euros por ação, contra o consenso anterior de 2,09 euros por ação.
A exemplo das empresas de semicondutores dos EUA, a Europa começa a rebaixar suas estimativas de receita e de lucros para as empresa de tecnologia, influenciadas principalmente pelas recentes divulgações de contração da economia norte-americana. Os indicadores econômicos dos EUA apontam para este crescimento menor da economia, o que pressiona negativamente a demanda de microcomputadores e por conseqüência, o setor de semicondutores.

Compartilhe