Educação

Cruzeiro do Sul (CSED3) vê lucro líquido cair 55,3% no 4º trimestre; despesas com juros pesam

Lucro sofreu impacto do desempenho operacional e de maiores despesas financeiras, com mais gastos com juros sobre passivo de arrendamento

Por  Equipe InfoMoney

A Cruzeiro do Sul (CSED3) informou lucro líquido ajustado de R$ 39,9 milhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), uma queda de 55,3% em relação aos R$ 89,3 milhões do 4T20.

No acumulado dos 12 meses de 2021, o lucro líquido ajustado caiu 15,4%, para R$ 146,0 milhões, de R$ 172,5 milhões de 2020.

Segundo a Cruzeiro do Sul, o lucro refletiu os impactos no desempenho operacional e das maiores despesas financeiras, resultante das maiores despesas com juros sobre passivo com arrendamento.

O Ebitda ajustado chegou em R$ 140,5 milhões no 4T21, contra R$ 170,8 milhões no 4T20, o que representa uma queda de 17,8%. A margem Ebitda ajustado perdeu 7,4 pontos percentuais, para 29,0%.

Em todo o ano de 2021, o Ebitda ajustado cresceu 4,1%, para R$ 535,9 milhões, ante os R$ 514,7 milhões acumulados em 2020. A margem Ebitda ajustado de 2021 ficou em 29,4%, uma alta de 0,8pp.

Já a receita líquida do 4T21 acabou chegando a R$ 484,3 milhões, um acréscimo de 3,2% em relação aos R$ 469,5 milhões do mesmo período de 2020.

No acumulado do ano, a receita líquida totalizou R$ 1,820 bilhão, um aumento de 1,1% em relação ao ano anterior, cuja receita acumulada chegou a R$ 1,801 bilhão.

Mais sobre balanço do Cruzeiro do Sul (CSED3)

Houve no 4T21 um aumento de 6,1% no número de alunos, de 352,3 mil no 4T20 para 373,8 mil agora. O presencial, porém, perdeu 4,8% no trimestre analisado, de 135,5 mil para 130,0 mil agora; enquanto o EAD ganhou 12,5%, de 216,8 mil para 243,8 mil do último trimestre de 2021, “puxada pelos fortes processos de captação”, segundo a empresa.

O aumento do ticket médio ajustado no 4T21 na graduação presencial foi de 1,2% em relação ao 4T20, enquanto o ticket médio ajustado para EAD caiu 4,5% na mesma comparação. No cumulado do ano, respectivamente, o ticket médio subiu 0,4% e caiu 4,8%, sempre em comparação ao acumulado em 2020.

A própria Cruzeiro do Sul ressalta que mantém estratégia de uma baixa penetração de alunos em programas de Financiamento Estudantil, com 6,6% da base do presencial, e de limitar acordos.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe