Criptoativos

Bitcoin bate US$ 60 mil após seis meses, token explode 700% e mais assuntos que vão movimentar o mercado de criptos hoje

Bitcoin alcançou marca seguindo novos rumores de que aprovação de ETF poderá vir já na próxima semana

SÃO PAULO – As especulações sobre a possível aprovação do ETF de futuros de Bitcoin (BTC) nos EUA continua a ser o principal motor do mercado de criptomoedas nesta sexta-feira (15). A expectativa foi alimentada mais uma vez na noite de ontem após fontes consultadas pela Bloomberg afirmarem que a Comissão de Valores Imobiliários dos EUA (SEC, na sigla em inglês) está preparada para permitir que o primeiro ETF do tipo inicie negociações. O aval viria já na próxima semana.

Como se quisesse participar da conversa antes da decisão final, o perfil oficial da SEC no Twitter chegou a republicar um artigo na tarde de ontem em que ressalta os riscos do investimento em futuros de Bitcoin. “Antes de investir em um fundo que detém contratos futuros de Bitcoin, certifique-se de pesar cuidadosamente os riscos e benefícios potenciais”, afirmou a postagem na rede social.

O rumor de aprovação iminente do ETF foi suficiente para alimentar mais uma vela de alta expressiva no preço da criptomoeda, que atingiu brevemente a marca de US$ 60 mil por volta das 2h20 de hoje. O otimismo pela aprovação de ETF junto com a perspectiva de efeito positivo no mercado pela abertura de mais uma porta para investidores já faz o Bitcoin saltar 35% – ou cerca de US$ 15 mil – em apenas duas semanas.

Às 7h03, a criptomoeda era cotada a US$ 59.484, em alta de 3,3% no dia.

Até onde vai o Bitcoin? Especialista da Levante dá aula gratuita sobre o futuro da criptomoeda. Clique aqui para assistir

No entanto, a valorização do Bitcoin hoje é ínfima perto do que aconteceu com um criptoativo desconhecido. O token NuCypher (NU), focado em privacidade, disparou nada menos que 714% nas últimas 24 horas, no maior movimento de alta do mercado por larga margem neste final da semana.

A explosão de preço vem após o projeto anunciar uma funcionalidade voltada para criadores de conteúdo que permitiria o surgimento de uma versão cripto do OnlyFans, plataforma de venda de conteúdo conhecida pelo material adulto. O NuCypher também se prepara para realizar a primeira fusão de protocolos da rede Ethereum (ETH) com o Keep Protocol (KEEP).

Criptos de alta capitalização de mercado também avançam no dia, com destaque para o próprio Ethereum, que sobe 3,9%, para US$ 3.786, e a Solana (SOL), que volta a ser negociada por US$ 160 após ganho diário de 6,4%.

Na ponta negativa aparecem o protocolo de finanças descentralizadas (DeFi) Olympus (OHM), que recua 18,7%, e a meme coin Shiba Inu (SHIB), que acumula perdas de quase 15% no dia após rali de 400% em outubro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Confira o desempenho das principais criptomoedas às 7h03:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Bitcoin (BTC)US$ 59.484+3,3%
Ethereum (ETH)US$ 3.786+3,9%
Cardano (ADA)US$ 2,15-0,8%
Binance Coin (BNB)US$ 457,53-4,5%
XRP (XRP)US$ 1,12+0,8%

As criptomoedas com as maiores altas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
NuCypher (NU)US$ 2,38+714,3%
Polygon (MATIC)US$ 1,60+27,8%
Solana (SOL)US$ 160,65+6,3%
Helium (HNT)US$ 20,93+5,4%
Ethereum (ETH)US$ 3.800+3,9%

As criptomoedas com as maiores baixas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Olympus (OHM)US$ 1.018,99-18,7%
Shiba Inu (SHIB)US$ 0,00002458-14,9%
Kusama (KSM)US$ 341,05-8%
Iota (MIOTA)US$ 1,27-7,3%
Telcoin (TEL)US$ 0,02165122-7%

Confira como fecharam os ETFs de criptomoedas no último pregão:

ETFPreçoVariação
Hashdex NCI (HASH11)R$ 56,22+3,14%
Hashdex BTCN (BITH11)R$ 76,50+0,66%
Hashdex Ethereum (ETHE11)R$ 62,60+7,10%
QR Bitcoin (QBTC11)R$ 20,25+0,25%
QR Ether (QETH11)R$ 15,38+8,69%

Veja as principais notícias do mercado cripto desta sexta-feira (15):

Institucionais teriam feito compra de US$ 186 bilhões em Bitcoin

Indícios de que a alta do Bitcoin é apoiada pelo investidor de varejo não param de surgir, reforçando a ideia de que o capital institucional é responsável pela maior fatia dos recursos alocados na criptomoeda nas últimas semanas e principal responsável pelo rali de mais de 37% apenas no mês de outubro.

No dia 6 deste mês, informações da casa de análise CryptoQuant apontaram uma compra de US$ 1,6 bilhão em Bitcoin em cinco minutos, no que seria, na avaliação da empresa, uma provável transação de mercado de balcão realizada por um cliente institucional.

A firma de análise também apontou que US$ 186 bilhões em Bitcoin se moveram ontem na rede da criptomoeda entre carteiras que não pertencem a corretoras pouco antes da disparada no prêmio dos futuros de BTC negociados na Bolsa de Derivativos de Chicago, nos EUA.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mais uma vez, a suspeita é de que o montante tenha sido transacionado por investidores institucionais que compraram uma grande quantidade da criptomoeda e a guardaram em serviços de custódia especializados, nas chamadas carteiras frias (cold wallets), sem conexão com a Internet.

Metade dos usuários de cripto experimentaram um jogo em blockchain no terceiro tri

Aproximadamente a metade dos endereços de carteiras únicos foram atrelados a contas de jogos em blockchain no terceiro trimestre de 2021, apontou um levantamento da empresa de monitoramento e insights DappRadar.

Entre julho e setembro, 754 mil carteiras foram conectadas a games que rodam na blockchain, quase a metade das 1,54 milhões carteiras únicas utilizadas em contratos inteligentes no mesmo período.

A adesão dos jogos em blockchain é capitaneada pelo Axie Infinity (AXS), que popularizou o formato play to earn (jogue para ganhar) por meio de recompensas em criptomoedas e personagens em formato de tokens não-fungíveis (NFT) que podem ser negociados no mercado.

O uso de NFT é comum neste tipo de jogo, o que contribui, junto com as artes digitais, para um salto expressivo de quase 700% no volume de trade no último trimestre, que ficou em cerca de US  10,67 bilhões.

“No meio de toda a euforia em torno das coleções Ethereum como CryptoPunks e Bored Ape Yacht Club (BAYC), o papel que os itens do jogo NFT desempenharam pode ter sido deixado de lado”, ressaltou o relatório.

O movimento se refletiu diretamente nos preços do token de governança AXS, que se tornou a principal forma de ganhar exposição à viralização do jogo. O criptoativo acumula alta de 71% em duas semanas e de 91% nos últimos 30 dias.

Protocolo DeFi que imita ETF sofre hack de US$ 16 milhões

O protocolo de finanças descentralizadas (DeFi) Indexed Finance é o mais recente a sofrer um ataque hacker. Segundo informações dos desenvolvedores do projeto, invasores roubaram o equivalente a US$ 16 milhões em diversos tokens compatíveis com a rede Ethereum, como Uniswap (UNI), Aave (AAVE), Compound (COMP) e Ether (ETH).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Indexed Finance é uma solução que imita um ETF ao oferecer, com a compra de um token, a exposição a diversos ativos de uma cesta balanceada por meio de um algoritmo. De acordo com o projeto, a ofensiva dos hackers teria mirado neste mecanismo de balanceamento automático para desviar fundos destinados à funcionalidade de empréstimos que ajudava a trazer liquidez para o produto.

A quantidade de criptomoedas roubadas não foi suficiente para afetar o preço desses ativos, mas o token nativo do protocolo, NDX, sofreu com o ataque e caía 32% nesta manhã, para US$ 2,25.

Até onde vai o Bitcoin? Especialista da Levante dá aula gratuita sobre o futuro da criptomoeda. Clique aqui para assistir