Recuperação

Criptomoedas retomam valor de mercado de US$ 2 trilhões com salto de altcoins; Cardano é destaque

Criptomoedas subiram, no geral, 3,2% nas últimas 24 horas

Por  CoinDesk -

Uma rali nas criptomoedas alternativas ao Bitcoin (BTC), chamadas de altcoins, elevou a capitalização de mercado geral de volta acima da marca de US$ 2 trilhões, um nível visto pela última vez no início deste mês, antes do tombo por conta da guerra na Ucrânia e os aumentos de juros nos EUA.

A Cardano (ADA) lidera os ganhos entre as principais criptos neste momento, com um salto de quase 7% nas últimas 24 horas. A Polkadot (DOT) sobe 6,5%, enquanto o XRP (XRP), da Ripple, e a Solana (SOL) avançam 5%.

“Altcoins têm uma correlação muito forte com o BTC”, explicou Egor Volotkovich, diretor da plataforma de agricultura de rendimento EVODeFi. “A celeração do crescimento da criptomoeda explica por que essas altcoins também estão sendo negociadas positivamente hoje.”

O movimento no Bitcoin ocorreu mesmo após o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, alertou ontem sobre o aumento da inflação e sugeriu que o banco central dos EUA está disposto a aumentar os juros de forma mais agressiva.

“Um aumento mais agressivo nas taxas aumenta a chance de uma recessão, pois desacelerará mais o crescimento”, disse Marcus Sotiriou, analista da corretora de criptomoedas GlobalBlock. “Na minha opinião, eles não aumentarão as taxas em mais de 25 pontos base até setembro, no mínimo, já que o Federal Reserve fará o possível para evitar uma recessão.”

  • Assista: Vale a pena ou é cassino? Tudo sobre a ApeCoin, criptomoeda que disparou 1.800% em 1 dia

O Ethereum (ETH) subiu e manteve-se acima de US$ 3.000 na manha de hoje, em reação ao teste final antes que da atualização para o mecanismo de prova de participação, que envolve o que se chama de staking.

O staking é o ato de bloquear tokens em um contrato inteligente para validar transações na rede. Os stakers de Ethereum bloquearam mais de 10 milhões de ETH no contrato de depósito Eth 2.0, retirando as criptomoedas de circulação e reduzindo a oferta circulante, empurrando o preço para cima.

“O entusiasmo começou a crescer novamente à medida que a Ethereum se prepara para sua tão esperada fusão com a cadeia Beacon, completando a transição do protocolo para um mecanismo de consenso Proof of Stake com eficiência energética”, disse Will Hamilton, chefe de negociação da Trovio Capital Management.

“A redução nas emissões será combinada com a continuação do mecanismo de queima do Ethereum introduzido com [a atualização] EIP-1559, o mecanismo que destrói o Ethereum correlacionado com a taxa básica de cada transação na rede”, disse ele.

“[Isso] mudará radicalmente a dinâmica de oferta do Ethereum, de modo que as emissões totais possam se tornar deflacionárias, provavelmente atuando como um catalisador para o impulso dos preços durante o segundo semestre de 2022”, acrescentou Hamilton.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe