Credit Suisse revisa para cima o preço-alvo das ações da Duratex

Banco suíço segue com sugestão outperform - acima da média - para os ativos; preço-alvo passa de R$ 23 para R$ 25

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O Credit Suisse revisou suas projeções para o desempenho das ações da companhia Duratex (DURA4), afim de incorporar ao seu modelo o menor risco-País, mantendo a sugestão de outperform – acima da média – para os ativos e elevando o preço-alvo de R$ 23 para R$ 25.

De acordo com os analistas do banco suíço, a empresa encontra perspectivas desafiadoras na sua divisão de madeira, com os volumes de saída do produto permanecendo baixos no primeiro trimestre deste ano, tendo em vista a menor demanda pelo produto. Porém, apesar da menor procura, a Duratex elevou sua capacidade instalada no segmento, e espera uma melhora na demanda entre 2009 e 2010.

Projeções operacionais

O Credit Suisse vê esta ação da companhia com cuidado, uma vez que caso os volumes de venda de madeira não melhorem, e os pares da empresa não mantenham a projeção de aumento de demanda, a Duratex ficará com uma capacidade ociosa muito grande.

Aprenda a investir na bolsa

Por outro lado, os analistas vêm com bons olhos desempenho da divisão Deca, que deve se beneficiar das aquisições feitas pela empresa no segmento em 2008, assim como do aumento da atividade do setor imobiliário, porém apenas no médio prazo, visto que a maioria de seus produtos só é demandada na fase final das construções.