Holding do banco

Credit Suisse eleva preço-alvo para Itaúsa e vê ação como boa alternativa para operar case do Itaú

Os analistas alteraram a metodologia para o valuation das ações e enxergam um nível de risco interessante

SÃO PAULO – O Credit Suisse reiterou sua recomendação outperform (desempenho acima da média do mercado) para a holding de investimentos Itaúsa (ITSA4), destacando que a empresa continua a oferecer uma valoração atrativa, com base no novo preço-alvo estabelecido pelo Credit, que foi elevado de R$ 12,30 para R$ 14,50. O preço-alvo corresponde a um potencial de valorização de 22,57% em relação ao fechamento de terça-feira (22).

O banco diz que a empresa pode ser um investimento alternativo atraente para faturar com as boas perspectivas do Itaú Unibanco (ITUB4), sua top pick (escolha favorita) para o setor financeiro no Brasil. O desconto para a controlada Itaú levando em conta o método de valuation da soma das partes (SOTP) está em 26%, enquanto o desconto pelo modelo de desconto de dividendos (DDM) é de 23%, o que consideram expressiva.

O banco elevou a previsão para o lucro líquido recorrente de R$ 7,6 bilhões para R$ 9,3 bilhões em 2021, e de R$ 10,3 bilhões para R$ 10,9 bilhões em 2022.

Os analistas Marcelo Telles e Alonso Garcia apontam que a Itaúsa vem mudando ao longo dos últimos anos e gradativamente reduzindo a exposição ao setor financeiro.

As aquisições em abril da participação na na companhia de saneamento Aegea e no final de 2020 na Copagaz já reduziram a exposição ao setor financeiro de 89% no primeiro trimestre de 2021 para 86%. A aquisição da Aegea foi de R$ 1,3 bilhão e depois contou com R$ 1,2 bilhão adicionais, além dos 49% da Copagaz por R$ 1,23 bilhão.

Os analistas alteraram a metodologia para o valuation das ações e enxergam um nível de risco interessante, além de uma boa alternativa para a exposição ao case de Itaú. O banco deve continuar sendo o maior catalisador de crescimento de lucros da Itaúsa, mas os analistas apontam que as perspectivas tanto para Duratex (DTEX3) quanto para Alpargatas (ALPA4) parecem animadoras.

O nível de dividendos pagos deverá ficar em torno de 85% do que for recebido pelas subsidiárias, com um dividend payout (fração do lucro líquido que uma empresa paga aos seus acionistas em dividendos) variando de 35% a 45% do lucro projetado para o período entre 2021 e 2023.

No cenário mais otimista projetado pelo Credit, a ação da Itaúsa seria valorada em R$ 18 (upside de 52%), com base no retorno sobre o patrimônio líquido (ROE, na sigla em inglês) de 21% para o Itaú Unibanco, e de R$ 10 no pior cenário (queda de 15%), considerando um ROE de 16%.

PUBLICIDADE

Curso gratuito do InfoMoney mostra como você pode se tornar um Analista de Ações. Inscreva-se agora.