Copom confirma que gasolina e gás de bujão não serão reajustados este ano

Na reunião de junho, o Comitê manteve em 0% a estimativa de reajuste dos setores para o acumulado de 2007

Por  Equipe InfoMoney -

SÃO PAULO – O Copom (Comitê de Política Monetária), em sua ata da reunião de junho, decidiu manter as projeções para o aumento dos preços da gasolina e do gás de bujão.

De acordo com a ata divulgada nesta quinta-feira (14), o percentual de reajuste dos produtos foi mantido em 0% para o acumulado deste ano.

Eletricidade e telefonia fixa

Ainda segundo o Comitê, as projeções de reajuste para os preços da eletricidade e da telefonia fixa, por sua vez, foram reduzidas em relação à reunião de abril.

No primeiro caso, o percentual de reajuste previsto para 2007 passou de 2,2% para -0,9%. Já para a telefonia fixa houve uma redução menor, de 3,4% para 3,3%.

Preços administrados

A projeção de reajuste para o conjunto de preços administrados para o acumulado deste ano foi reduzida de 4,2% em abril para 3,6% este mês. Conforme divulgou o IBGE, este conjunto de preços correspondeu a 30,99% do IPCA de maio.

Por fim, a projeção de reajuste do conjunto dos preços administrados por contrato e monitorados para 2008 caiu de 5,2% para 4,8% no período em questão.

Compartilhe