Commodities

Contratos do minério caem na China seguindo queda do carvão após ação do governo

Os futuros de minério de ferro de referência fecharam em queda de 3,1%, para 681 iuanes por tonelada na sexta-feira

Por  Reuters -

PEQUIM (Reuters) – Os contratos futuros de produtos ferrosos chineses caíram nesta sexta-feira, com todos os produtos registrando perdas na semana, já que os preços do carvão recuaram no comércio da tarde, depois que o governo ordenou um limite nos preços de referência.

Os futuros de carvão metalúrgico mais negociados na bolsa de Dalian caíram até 8,8%, para 2.400 iuanes (380,19 dólares) por tonelada e terminaram em 2.512 iuanes por tonelada. Eles caíram 1,8% nesta semana.

Os futuros de carvão térmico de Zhengzhou caíram 10% para 738 iuanes nas negociações da tarde.

O planejador estatal da China estabeleceu uma faixa de preço “razoável” para o carvão térmico de referência de 5.500 kcal no porto de Qinhuangdao para negociação de médio e longo prazo em 550-570 iuanes por tonelada.

Os preços do coque na bolsa de Dalian, para entrega em maio, caíram 6,2%, para 3.183 iuanes por tonelada. O contrato caiu 4% na semana.

Os futuros de minério de ferro de referência fecharam em queda de 3,1%, para 681 iuanes por tonelada na sexta-feira e registraram a quarta queda semanal consecutiva.

Os preços do aço na Bolsa de Futuros de Xangai também caíram, com o vergalhão de aço para construção caindo 1,9%, para 4.617 iuanes por tonelada.

“Há preocupações de que a tensão Ucrânia-Rússia possa piorar as relações entre a China e os Estados Unidos, o que pode prejudicar as exportações de produtos siderúrgicos”, disse Cheng Peng, analista da SinoSteel Futures.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe