Consumidores têm dívidas de maior valor com bancos e em título protestados

De acordo com a Serasa, os saldos médios foram de quase R$ 1,3 mil e pouco mais de R$ 880, entre janeiro e outubro

Por  Equipe InfoMoney -

SÃO PAULO – Levantamento divulgado nesta quinta-feira (14) pela Serasa revela que as dívidas com bancos e títulos protestados foram os débitos pendentes que tiveram maior valor médio entre janeiro e outubro.

O saldo negativo médio com instituições financeiras atingiu R$ 1.276,92 no período – uma alta de 11,4% sobre o mesmo período de 2006. O valor médio dos títulos protestados foi de R$ 884,90, marcando avanço de 12,3%.

Cheques e cartões de crédito

Ainda de acordo com a Serasa, o valor médio dos cheques sem fundos registrados no período chegou a R$ 605,88 – 4,8% a mais do que em 2006.

Em último lugar, aparecem as dívidas com cartões de crédito e financeiras, cuja média ficou em R$ 366,69, total 9,3% superior ao de janeiro a outubro do ano passado.

Inadimplência

De acordo com a Serasa, no acumulado de dez meses, a inadimplência do consumidor subiu 0,3% sobre o mesmo período de 2006. Analisando apenas o décimo mês do ano, houve alta de 13,2% sobre setembro.

Compartilhe