Compras de dívida pelos fundos de resgate da Europa podem ser barradas

Finlândia e Holanda se posicionaram contra proposta, que precisa de consenso para ser colocada em prática

Por  Ana Carolina Cortez

SÃO PAULO – A Finlândia e a Holanda deverão bloquear a compra de títulos públicos de economias da Zona do Euro pelos fundos de resgate. O anúncio foi feito pelo governo finlandês nesta segunda-feira (2).

Embora os líderes da União Europeia tenham decidido utilizar o ESM (Mecanismo Europeu de Estabilização) e o EFSF (Fundo de Estabilização Financeira Europeu) para injetar liquidez nos mercados locais e reduzir custos de financiamento dos países em dificuldades, a ata final da reunião não traz detalhes de como será a operação.

Para que a compra de títulos no mercado secundário seja aprovada, é necessário unanimidade na votação dos países-membros, o que não deve acontecer caso os governos finlandês e holandês mantenham oposição.

Compartilhe