Pós-Copom

“Com reforma ou sem reforma, o BC sinalizou que pode cortar a Selic até 8,5% em 2017”

.Em decisão já esperada pelo mercado, o BC decidiu cortar hoje a Selic em 100 pontos-base, para 11,25% ao ano, no maior corte de juros desde 2009

SÃO PAULO – “Com reforma ou sem reforma, o Banco Central sinalizou que pode cortar a Selic até 8,5% em 2017”, disse André Perfeito, economista-chefe da Gradual, após a decisão do Copom (Comitê de Política Monetária) anunciada nesta quarta-feira (12). 

Em decisão já esperada pelo mercado, o BC decidiu cortar hoje a Selic em 100 pontos-base, para 11,25% ao ano, no maior corte de juros desde 2009. Este foi o quinto corte promovido desde que Ilan Goldfajn assumiu a presidência do Banco Central.

Segundo Perfeito, o BC sinalizou, no comunicado, que tem orçamento para cortar a Selic até 8,5% este ano e que, dependendo do ritmo da desaceleração da atividade econômica, pode antecipar isso. Agora, para cortar além dos 8,5%, o BC aponta a necessidade de aprovação e implementação das reformas, questão que ainda segue muito incerta, comentou o economista.