Aviões eVTOL

Com olhar ESG, Gol lançará malha aérea com 250 aeronaves elétricas no Brasil

Expectativa é de que a companhia inicie voos comerciais com o eVTOL como parte de sua malha aérea em meados de 2025

arrow_forwardMais sobre
Avião da GOL em voo
(Shutterstock)

SÃO PAULO – A companhia aérea Gol (GOLL4) anunciou nesta terça-feira (21) que assinou um protocolo de intenções não-vinculante com a Avolon para aquisição ou arrendamento de 250 aeronaves elétricas de decolagem e pouso vertical (eVTOL ).

A iniciativa, junto com o uso de biocombustíveis, faz parte da estratégia ESG (de melhores práticas sociais, ambientais e de governança) da companhia, com objetivo de atingir a neutralidade de carbono até 2050. Além disso, a aérea planeja fazer a transição de 75% de sua frota para as aeronaves 737-MAX mais eficientes até 2030, que reduzem as emissões de carbono em 16%.

O acordo faz parte ainda da estratégia comercial da Gol de expandir “seletivamente” no mercado de transporte aéreo regional, abrindo novas rotas para mercados domésticos pouco atendidos.

Segundo comunicado, o Grupo Comporte, uma entidade de seu acionista controlador, está provendo os recursos requeridos para investimento nesse projeto, que utilizará a expertise em aviação da Gol para desenvolver a malha aérea utilizando as aeronaves VAX4 eVTOL.

“Criado pela empresa britânica Vertical Aerospace (“Vertical”), o modelo VA-X4 eVTOL é considerado um dos táxis aéreos mais avançados tecnologicamente e confiáveis atualmente em desenvolvimento”, escreve a empresa.

O VA-X4 pode transportar até quatro passageiros e um piloto, com alcance de 160 km (100 milhas) e velocidade máxima de 320 km/h (200 mph). A aeronave eVTOL também produz 100 vezes menos ruído do que um helicóptero em voo de cruzeiro, e 30 vezes menos nos momentos de decolagem e pouso.

A Avolon espera concluir o processo de certificação do VA-X4 no Brasil até 2024, com a Gol iniciando voos comerciais com o eVTOL como parte de sua malha aérea em meados de 2025.

Conheça o plano de ação da XP para você transformar os desafios de 2022 em oportunidades de investimento.